Manaus, 16 de julho de 2024
×
Manaus, 16 de julho de 2024

Economia

1ª fábrica indiana de motocicletas chega ao Brasil e se instala no PIM

A empresa também deve gerar cerca de 150 empregos no AM, segundo informou o governador Wilson Lima (UB), por meio das suas redes socais.

1ª fábrica indiana de motocicletas chega ao Brasil e se instala no PIM

(Fotos: Reprodução/Redes sociais - @wilsonlima)

Manaus (AM) – O Polo Industrial de Manaus (PIM) recebeu, nesta terça-feira (25), a instalação da primeira empresa indiana Bajaj no Brasil, fabricante capaz de produzir 20 mil motocicletas por ano. A empresa também deve gerar cerca de 150 empregos no Amazonas, segundo informou o governador Wilson Lima (UB), por meio das suas redes socais.

“Ações e atitudes de uma empresa como essa, que se desloca da Índia, e aqui a empresa Bajaj poderia colocar o seu investimento em qualquer lugar do mundo, mas ela escolheu exatamente a Amazônia para vir contribuir com a população do estado do Amazonas. Por isso, meu amigo, que você vai poder contar com todo o suporte necessário do Governo do estado do Amazonas. Aquilo que tiver dentro do limite legal, dentro das possibilidades para trazer emprego para a nossa população, para ajudar a transformar e ajudar a vida da nossa população, conte conosco”, frisou Wilson Lima.

(Foto: Reprodução/Redes sociais – @wilsonlima)

A Bajaj é uma dos grupos mais renomados e respeitados da Índia, com mais de 40 empresas em seu portifólio. Além disso, a fabricante é líder de vendas em 17 dos 79 mercados para os quais as motocicletas Bajaj são exportadas e possui longo histórico na produção de scooters e motocicletas de baixa/média cilindrada.

“O nosso compromisso número um é com Brasil; com a sociedade e com as pessoas que trabalham conosco. Temos uma perspectiva muito boa para o futuro aqui na Amazônia e queremos continuar sendo uma empresa progressiva”, disse Rakesh Sharma, Executive Director da Bajaj Auto Limited.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), Serafim Corrêa, destacou o crescimento da produção industrial no estado.

“É mais uma empresa do ramo de duas rodas que vem se juntar a outras em Manaus. A Bajaj está gerando empregos, e isso demonstra a vitalidade do Polo Industrial de Manaus, que vem gerando mais empregos, impostos e crescimento econômico”, disse.

LEIA MAIS: