Aécio afirma que campanha de Doria nas prévias do PSDB era ‘enredo montado’

O deputado federal ainda criticou a possibilidade de Geraldo Alckmin deixar a sigla e formar chapa com Lula para as eleições de 2022
Publicado em 03/12/2021 11:04
Aécio afirma que campanha de Doria nas prévias do PSDB era 'enredo montado'
Foto: Reprodução

BRASÍLIA, DF – Dias após a vitória do governador de São Paulo, João Doria, nas prévias do PSDB, o deputado federal Aécio Neves criticou a atuação do colega de partido durante a campanha nas eleições internas. Aécio apoiou o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, na disputa.

“Uma máquina avassaladora do governo de São Paulo. Jamais havia visto funcionar dessa forma. E até com muita competência, mas sem limites. Mas ele venceu, nós aceitamos o jogo”, disparou ele em entrevista ao jornal O Globo. Ele ainda afirmou que a vitória do governador paulista foi um “enredo montado” pelo presidente do PSDB, Bruno Araújo.

Leia mais: Para atrair Alckmin, PSB diz que chapa com Lula pode vencer no primeiro turno

“Desde quando, em março, sem reunir a Executiva, sem consultar ninguém, com exceção obviamente do João Doria, marcou para este ano as prévias, ao contrário do que tínhamos proposto, que ocorresse no primeiro trimestre do ano que vem, já com um ambiente político um pouco mais claro”, revelou.

Ainda durante a entrevista, Aécio criticou a possibilidade de Geraldo Alckmin deixar a sigla e se juntar ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições de 2022.

“Eu lamento muito que o governador Geraldo Alckmin, pela sua história dentro do partido, não tenha escolhido o partido como seu campo de luta. Vivemos três anos consecutivos de recessão em razão da política da nova matriz econômica do PT. Nós queremos isso de novo?”, questionou.

(*) Com informações do Uol

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS