Manaus, 1 de março de 2024
×
Manaus, 1 de março de 2024

Economia

Agricultores de Manacapuru recebem mais de R$ 1,5 milhão em investimentos

Ao todo, 200 famílias de agricultores foram atendidas nesta ação, muitas delas sendo de comunidades distantes da sede do município.

Agricultores de Manacapuru recebem mais de R$ 1,5 milhão em investimentos

Governo do Amazonas (Foto Divulgação assessoria)

Manaus (AM) –  O Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável (Idam) entregou, na manhã desta sexta-feira (21), no município de Manacapuru,  105 projetos de crédito rural, equipamentos financiados, Cartões do Produtor Rural e cadastros da Agricultura Familiar (CAFs), investimentos na ordem de R$ 1.554,759,85.

A ação – coordenada pelo Idam – teve a participação da Agência de Defesa (Adaf), Fundo de Promoção Social (FPS), Agência de Fomento (Afeam) e fortalece o Setor Primário manacapuruense que, assim como outros da região metropolitana, fornecem parte da produção para a capital do estado.

Ao todo, 200 famílias de agricultores foram atendidas nesta ação, muitas delas sendo de comunidades distantes da sede do município, o que comprova que os investimentos feitos pelo governo estadual estão chegando aos produtores.

“As grandes distâncias têm sido superadas pelo trabalho diário dos nossos técnicos, das parcerias institucionais entre Idam e Afeam e nossas Unidades Locais. O Setor Primário do Amazonas está em um grande momento com os investimentos do Governo do Estado”, enfatiza o diretor-presidente do Idam, Daniel Borges.

Foram assinados 35 projetos de custeio, 35 projetos pró-mecanização e 35 projetos de pró-calcário, conforme demandas identificadas nos últimos dois anos pelos técnicos do Idam junto aos trabalhadores rurais.

Lucimara Maricaua Rocha é presidente da comunidade São Sebastião Macu Miri 2, com 63 produtores rurais. Ela afirma que para chegar a esses contratos foram 18 meses de trabalho e regularização documental.

“Trabalhamos muito e, hoje, estamos sendo agraciados pelo Governo do Amazonas. Muito obrigado ao Idam por nos orientar em todos esses processos”, agradeceu a presidente.

Áreas mecanizadas apresentam aumento de produtividade de até 300%, por isso os agricultores estão entusiasmados com as possibilidades de melhorar os ganhos financeiros.

Mandiocultura

Após a cerimônia na sede da comunidade, todos os convidados visitaram uma das áreas da mandiocultura, principal cultura da região.

Além dos projetos de pró-mecanização e pró-calcário, foi identificada a possibilidade de construção de novos projetos, dessa vez para implantação de casas de farinha, o que aumentaria a atuação das comunidades, fornecendo no futuro, da mandioca ao produto final, a farinha.

(*) Com informações da assessoria