MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Zé Ricardo repudia ataque de David Almeida à jornalista do AM1

Ataque de David Almeida à jornalista Gabriela Alves, do Portal Amazonas1, foi repudiado por políticos de oposição à gestão do prefeito
Lucas Rodrigues – Portal AM1
• Publicado em 08 de outubro de 2021 – 09:24
Zé Ricardo repudia ataque de David Almeida à jornalista do AM1
Foto: Reprodução / AM1

MANAUS, AM – O deputado federal José Ricardo (PT-AM) repudiou o ataque do prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), à jornalista Gabriela Alves, do Amazonas1. O parlamentar fez a nota de repúdio por meio de seus perfis nas redes sociais, na noite da última quinta-feira (7).

O petista comparou a atitude de David à do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Segundo Zé, depois que David conheceu Bolsonaro, começou a agir igual ao presidente, atacando profissionais de imprensa.

Leia mais: Amom Mandel e Rodrigo Guedes repudiam ataque de David ao Portal Amazonas1

“Parte pra cima de jornalistas, principalmente mulheres, quando é confrontado com perguntas que ele não gosta. É lamentável, mas um tanto reveladora essa postura”, afirmou.

Além de Zé Ricardo, os vereadores Amom Mandel (União Brasil) e Rodrigo Guedes (PSC) também saíram em defesa de Gabriela Alves nessa quinta-feira. Os dois classificaram o ato do prefeito como um ataque à democracia e à liberdade de imprensa, ao criticar a repórter que só fez um questionamento relevante para a população.

Entenda o caso

Na última quinta-feira, durante coletiva de imprensa na Zona Oeste de Manaus, David Almeida foi questionado por Gabriela Alves sobre denúncias de irregularidades na distribuição de apartamentos do residencial Cidadão Manauara 2. Na ocasião, o prefeito demonstrou descontrole e não respondeu, de forma direta, o questionamento. Ele se recusou a falar sobre o assunto, e ao comentar, fez acusações improcedentes contra o Portal Amazonas1, como extorsão.

A secretária municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semasc), Jane Mara Moraes, também estava presente na ocasião. Questionada sobre acusações de irregularidades e corrupção na pasta chefiada por ela, Jane se limitou a responder que não tinha autorização para falar com a equipe de reportagem.

O descontrole do prefeito se deu por conta de ter o nome da família mencionado no suposto esquema de facilitação na aquisição dos imóveis, a começar pela filha do prefeito – Fernanda Aryel Almeida – que teve as tias na lista dos contemplados (com um apartamento cada). Além disso, elas ainda estavam empregadas na prefeitura com salários que ultrapassavam o valor estipulado pela Caixa Econômica para o recebimento do apartamento.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap