US - R$ 3,84

×

Em ‘estado de emergência’, Anori vai gastar R$ 4,7 mi em medicamentos

A cheia atinge 56 municípios do interior do Estado, desses, 28 estão em ‘Situação de Emergência’, incluindo Anori.


O prefeito Jamilson Ribeiro Carvalho (MDB) do município de Anori, a 234 quilômetros de Manaus, pretende gastar R$ 4,7 milhões na aquisição medicamentos, insumos odontológicos, químico cirúrgico e equipamentos. Anori encontra-se entre as 28 cidades que decretaram Situação de Emergência, segundo a Defesa Civil do Amazonas.

(Reprodução)

De acordo com o Registro de Preços para a contratação da pessoa Jurídica, através do Pregão Presencial nº. 009/2019, a aquisição de medicamentos, insumos odontológicos, químico cirúrgico e equipamentos, visa atender as necessidades Secretaria Municipal de Saúde de Anori.

A informação foi publicada no Diário Oficial dos Municípios (DOM), do último dia 23 de Maio, e assinada pelo prefeito da cidade, Jamilson Carvalho.

As empresas vencedoras da adjudicação e homologação do certame foram a Directra Norte Comércio de Produtos e Serviços Hospitalares Eirelli-ME, cujo capital social é de 200 mil reais. Segundo o documento, a empresa de serviços hospitalares, com sede em Manaus, irá ganhar o valor global de R$ 2.890.134,00.

R$ 1,8 milhão para instrumentos e materiais médicos

Na mesma publicação, Jamilson pretende gastar, também, a quantia de R$ 1.820.872,210 mil para contratação da empresa Instrumental Técnico Ltda, também com sede em Manaus e cujo capital social é de R$ 250 mil. A atividade econômica principal da empresa é o comércio atacadista de instrumentos e materiais para uso médico, cirúrgico, hospitalar e de laboratório.

Estado de Emergência

Conforme o último balanço da Defesa Civil do Amazonas da última quinta-feira, 23, a cheia atinge 56 municípios do interior do Estado, desses, 28 estão em ‘Situação de Emergência’, incluindo Anori.

Veja também:

Cheia já afeta 56 municípios do AM; 28 estão em estado de emergência

Prefeito de Anori pretende gastar R$ 5 mi com combustível e passagens

Prefeito de Anori pretende gastar R$ 2,1 milhões com itens mobiliários

A Defesa Civil informou que possui um plano de ação para auxiliar todas as famílias que estão nos locais afetados e informou que equipes já estão sendo deslocadas para verificar todos os problemas enfrentados.

Confira a lista:

Situação de emergência

Calha do Juruá – Eirunepé, Guajará, Ipixuna, Carauari, Juruá e Itamarati
Calha do Purus – Boca do Acre, Lábrea, Canutama e Tapauá

Calha do Madeira – Humaitá, Novo Aripuanã, Manicoré, Borba e Nova Olinda do Norte
Calha do Alto Solimões – Atalaia do Norte, Benjamin Constant e Tabatinga
Calha do Baixo Solimões – Manacapuru, Iranduba, Careiro da Várzea, Anori, Caapiranga e Anamã
Calha do Médio Solimões – Maraã, Tefé
Calha do Baixo Amazonas – Parintins e Boa Vista do Ramos

Situação de Alerta

Purus – Beruri
Alto Solimões – São Paulo de Olivença, Amaturá, Santo Antônio do Iça e Tonantins
Médio Solimões – Jutaí, Fonte Boa, Japurá, Uarini, Alvarães, Coari
Baixo Solimões – Codajás, Manaquiri e Careiro Castanho
Médio Amazonas – Itacoatiara, Silves, Autazes, Urucurituba e Itapiranga
Baixo Amazonas – Barreirinha, São Sebastião do Uatumã, Nhamundá e Urucará
Rio Negro – Manaus, Santa Isabel e São Gabriel

Situação de Atenção

Calha do Rio Negro – Barcelos e Novo Airão

Faça um comentário