US - R$ 3,77

×

Escolas do Estado recebem mais de 200 toneladas em produtos agrícolas


Mais de 300 escolas da rede estadual de ensino, beneficiadas pelo Programa de Regionalização da Merenda Escolar (Preme) desenvolvido pela Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS) do Amazonas, recebem, nesta semana, aproximadamente 234 toneladas de produtos agrícolas provenientes da agricultura familiar do Estado.

(Foto: Divulgação/Assessoria)

Na manhã desta terça-feira, 11, os trabalhadores do galpão da logística da Merenda Escolar, situado na Avenida Anhandui, s/n, Flores, zona Centro-Sul de Manaus, receberam os produtos e já iniciaram a separação dos kits para serem entregues às escolas conveniadas. De acordo com o responsável pela logística da Agência, Emerson Moreira, com esta remessa serão beneficiadas na capital 245 escolas e outras 64 em municípios no entorno da cidade.

“Esses produtos chegam semanalmente no galpão da ADS, gerando um volume de 230 a 250 toneladas que alcançam mais de 224 mil alunos. Essas mercadorias não são armazenadas, eles chegam e em seguida os colaboradores fazem a montagem de kits por escola para serem realizadas as entregas”, explica Emerson.

Produtos

As escolas beneficiadas recebem, toda semana, kits com produtos frescos vindos diretamente dos municípios para a capital. No cardápio do Preme, há por volta de 42 produtos. Esta semana, estão sendo levados produtos como: banana, melancia, mamão, abacaxi, macaxeira, laranja, ovos, tomate, cheiro verde, couve, pimentão, pimenta de cheiro, batata cará, açaí, polpa de frutas, carne e peixe.

Emerson destaca que boa parte das entregas é realizada por veículos frigoríficos, uma vez que a maioria dos produtos é perecível.

Fiscalização

Durante o ano, a logística da Agência recebe visitas técnicas no armazém. Elas existem para que os representantes do Conselho Alimentação Escolar (CAE), da Gerência Alimentos Escolar (GAE), das coordenadorias e dos nutricionistas da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), façam a fiscalização do local.

A última deste ano ocorreu em julho, e obteve resultados positivos na organização e limpeza do local, além de constatar a qualidade dos produtos fornecidos. De acordo com Emerson Moreira, a visita avalia as condições de armazenamento e higiene do depósito, além de analisarem a execução do trabalho realizado pelos colaboradores da empresa prestadora de serviço de logística.

“O trabalho dos funcionários no depósito reflete na avaliação positiva que sempre obtemos. Nossos produtos são todos selecionados por tipo, bem embalados e estão sempre em ótimo estado para consumo. A higiene é fundamental para o processo final, tanto do depósito como dos próprios colaboradores, que estão sempre uniformizados e utilizando os equipamentos de segurança necessários”, destaca o coordenador.

(*) Com informações da Assessoria

Faça um comentário