Falta de 'segurança à vida' pode impedir realização de Festival de Parintins, diz Governo - Amazonas1

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

7 de agosto de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

redacao@amazonas1.com.br

Falta de ‘segurança à vida’ pode impedir realização de Festival de Parintins, diz Governo

A nova data do Festival Folclórico de Parintins foi confirmada pelos bumbás Caprichoso e Garantido nas redes sociais, nesta sexta-feira, 10

Falta de ‘segurança à vida’ pode impedir realização de Festival de Parintins, diz Governo

O Governo do Amazonas se manifestou sobre o anúncio da realização do Festival Folclórico de Parintins nos dias 6, 7 e 8 de novembro deste ano. A nova data foi confirmada pelos bumbás Caprichoso e Garantido nas redes sociais, nesta sexta-feira, 10.

Em nota, o Executivo afirmou que só vai se pronunciar sobre a realização do evento após receber parecer das autoridades sanitárias, uma vez que, segundo o Governo, seriam “as únicas capazes de avaliar os riscos da exposição da população à Covid-19 em eventos do porte da festa popular.”

No anúncio de mais cedo, os dirigentes dos bumbás garantiram que o evento permanecerá sendo aberto ao público, mas com adotação de todas as medidas de segurança determinadas pelos órgãos de saúde.

Já o Governo defende que a realização do Festival de Parintins ainda este ano deve ter embasamento científico para garantir segurança à vida dos participantes.

“O Governo do Estado entende a relevância do evento para os habitantes de Parintins, de todo o Amazonas e do Brasil, enquanto manifestação cultural e geradora de renda, mas não é possível que tal decisão seja tomada sem o embasamento científico necessário que assegure o maior bem que todos temos: a vida.”, finaliza a nota.

O Festival aconteceria nos dias 26, 27 e 28 de junho, mas foi adiado oficialmente pela empresa Amazon Best contratada pelos bois-bumbás para a venda dos ingressos e camarotes em maio deste ano. A medida considerou a pandemia do novo coronavírus, que já infectou até agora mais de 82 mil pessoas em todo Estado.

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading