Hospital do AM isola paciente que veio do Japão; país tem epidemia de novo coronavirus

US - R$ 5,10

×

Hospital do AM isola paciente que veio do Japão; país tem epidemia de novo coronavirus

A Secretaria de Saúde (Susam) nega que haja pacientes suspeitos com o novo vírus em qualquer unidade de saúde do Amazonas

Um homem que viajou ao Japão e chegou a Manaus nesta semana foi isolado no Hospital Delphina Aziz, zona Norte de Manaus, nesta quinta-feira, 27. A informação passada por profissionais do Delphina Aziz, que pediram anonimato ao Amazonas1, destaca ainda que o paciente está recebendo o tratamento dentro do protocolo do Coronavírus. O país vive um surto do novo vírus.

Tanto a assessoria do hospital Delphina Aziz quanto a Secretaria de Saúde (Susam) negam que haja algum paciente isolado na unidade de saúde sob suspeita de coronavirus. A assessoria do Delphina Aziz, no entanto, informou que há um paciente recém chegado do Japão em tratamento na unidade, porém, reafirma que ele não apresenta sintomas da doença.

“O Paciente não preenche critérios de suspeitas, nem apresenta sintomas. Mas segue monitorado para qualquer ameaça”, informou a assessoria. O hospital informa ainda que mantém a situação sob controle para não “alarmar sem necessidade familiares e outros pacientes internados com outras enfermidades”. 

Mesma sustentação da Susam, que nega a existência de um paciente no hospital Delphina Aziz com suspeita de Coronavírus. “Não há paciente internado na rede estadual de saúde com suspeita de infecção pelo Covid-19”, disse em nota a assessoria da Susam.

‘Isolado’

Segundo a fonte do Amazonas1, o homem foi avaliado pela Infectologista de plantão e teve material nasal recolhido para os exames de detecção do Coronavírus. “Muito provável que o resultado saia apenas amanhã (sexta) ou depois de amanhã (sábado). Mas ele segue isolado e sem contato”, disse.    

‘Dois monitorados’

Em coletiva de imprensa realizada hoje o titular da Susam, Rodrigo Tobias, informou que duas pessoas da mesma família estão sendo monitoradas por terem viajado no mesmo avião que o homem confirmado como primeiro caso de coronavírus no Brasil.

Leia mais em: Governo monitora duas pessoas suspeitas de coronavírus em Manaus

De acordo com o secretário, o Estado está preparado para receber possíveis casos de coronavírus (Codiv-19). Os pacientes monitorados são dois adultos da mesma família que estão recebendo atendimento diário em casa, com visitas duas vezes ao dia, além da coleta de exames. Apesar do monitoramento, as duas pessoas não são tratadas como “casos suspeitos”, pois eles não apresentam nenhum sintoma da doença.

Faça um comentário