PGJ: movimento de mulheres do MP manifesta apoio à reeleição de Leda Mara - Amazonas1
21 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

PGJ: movimento de mulheres do MP manifesta apoio à reeleição de Leda Mara

Em nota, o grupo cita a votação expressa que a promotora recebeu e destaca que ela é a única mulher a integrar a lista tríplice

PGJ: movimento de mulheres do MP manifesta apoio à reeleição de Leda Mara
Procuradora-Geral de Justiça, Leda Mara Nascimento Albuquerque . Foto: Divulgação/ MPAM

O Movimento Nacional de Mulheres do Ministério Público divulgou uma nota em apoio a reeleição da procuradora-geral de Justiça do Amazonas, Leda Mara Albuquerque, que compõe a lista tríplice de candidatos ao cargo. A atual procuradora-geral de Justiça foi a mais votada no processo eleitoral do Ministério Público, no último dia 3, com 116 votos.

Na nota, o grupo cita a votação expressa que a promotora recebeu e destaca que ela é “única mulher” a integrar a lista tríplice. Além dela, são candidatos Alberto Nascimento Junior, que teve 92 e fechando os escolhidos, aparece André Seffair somando 87 votos.

Leia mais: MP dispensa licitação de quase R$ 200 mil em testes de covid-19 para servidores

“A sua escolha reforçará o compromisso do Poder Executivo com a democracia, com a equidade de gênero, de raça, e com a diversidade, lutas que qualificam, razões pelas quais este Movimento sustenta a sua indicação para a Chefia do Ministério Público do Amazonas”, diz em um trecho.

Com o processo de escolha da lista tríplice, os três nomes foram levados ao governador do Amazonas, Wilson Lima, que tem o prazo de até 15 para escolher o novo procurador. Segundo o MP, o documento foi enviado ao Chefe do Executivo Estadual na última sexta-feira (4).

Veja publicação na íntegra:

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading