Após discussão em partida de futebol, homem atira contra várias pessoas em Coari - Amazonas1
21 de abril de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Após discussão em partida de futebol, homem atira contra várias pessoas em Coari

Durante a discussão, populares teriam agredido o homem que, para se vingar, pegou uma arma de fogo e efetuou vários disparos; quatro homens foram atingidos, um deles não resistiu

Após discussão em partida de futebol, homem atira contra várias pessoas em Coari
Foto: Divulgação

DPoliciais da Base Fluvial Arpão prenderam, na tarde deste domingo (10/01), um homem de 36 anos por suspeita de homicídio e três tentativas de homicídio na comunidade Divino Espírito Santo, Lago do Ipixuna, no município de Coari (a 363 quilômetros de Manaus). Uma espingarda também foi apreendida durante a ação.

A ocorrência se deu após uma discussão, durante uma partida de futebol que acontecia na comunidade. Populares teriam agredido o infrator que, em um ato de vingança, pegou uma arma de fogo e efetuou disparos contra várias pessoas.

Os disparos atingiram quatro homens, um dos quais não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Os outros três atingidos foram socorridos por moradores da comunidade e levados até a Base Arpão. No local, os populares informaram as características do autor dos disparos.

Os policiais se deslocaram até a comunidade, onde colheram informações de onde o suspeito poderia ser localizado. A equipe foi até a casa indicada por denunciantes e encontraram o infrator, que, ao perceber a presença da polícia, tentou fugir por uma área de mata, mas logo foi alcançado e preso. Com ele, os policiais ainda apreenderam a arma de fogo, tipo espingarda, calibre 16, supostamente usada no crime.

O infrator foi conduzido até a Base Arpão e, posteriormente, levado à Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Coari.

Base Arpão – Criada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), a Base Arpão atua de forma integrada com efetivos das Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Federal, Força Nacional, Secretaria de Operações Integradas (Seopi), do Ministério da Justiça e Segurança Pública e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

(*) Com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]