MENU

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Arthur poderá ser chamado para depor na Aleam por falhas na pandemia

Caso a Comissão seja instaurada, o ex-prefeito de Manaus, Arthur Neto já está entre os possíveis nomes para prestar esclarecimentos
Beatriz Araújo – Portal Amazonas1
• Publicado em 04 de julho de 2021 – 10:00
BR-319
Foto: Divulgação

MANAUS (AM) – Começou a tramitar, na última semana, na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), a formação de uma nova CPI da Pandemia para investigar falhas de gestão e suspeitas de corrupção cometidas pelo poder público na pandemia de Covid-19.

A Comissão ainda precisa de duas assinaturas para ser instaurada, no entanto, o nome do ex-prefeito Arthur Neto (PSDB) já é um dos cogitados para prestar esclarecimentos.

Protagonizando mais um capítulo de desentendimentos relacionados ao Hospital de Campanha Gilberto Novaes, o deputado estadual Ricardo Nicolau (PSD) afirmou que pretende convocar Arthur Neto para depor, caso a CPI seja instaurada.

Como justificativa, o deputado afirmou que os familiares das vítimas da Covid-19 precisam de uma resposta sobre a má condução da pandemia no Estado e na capital.

Leia mais: Beto e Arthur se acusam sobre desvios em hospital de campanha

“Sou favorável à criação da CPI e, desde já, me coloco à disposição para participar dos trabalhos de maneira técnica e imparcial. Em respeito às milhares de vítimas da Covid e seus familiares, o poder público tem a obrigação de explicar ao povo amazonense o porquê do total desastre na condução da pandemia que vimos até aqui. Há muitas perguntas que não podem ficar sem resposta”, declarou o deputado.

Briga por bens

A troca de farpas entre a família Nicolau e Arthur começou com a implantação recorde do Hospital de Campanha.

Em parceria com a Prefeitura de Manaus e a empresa Transire, o próprio deputado foi coordenar e gerenciar o hospital. Na época, a estratégia foi vista por especialista como forma de palanque político, uma vez que Ricardo Nicolau se candidatou a prefeito de Manaus em 2020.

Após o primeiro pico da pandemia, Arthur decidiu desativar o hospital de campanha. Deixando de lado o alerta de uma possível segunda onda, o que se concretizou meses depois. Além de criar alguns conflitos com o grupo empresarial na hora de devolver os equipamentos. Desde então, a família Nicolau passou a acusar publicamente o ex-prefeito de ladrão.

Acompanhe em tempo real através das nossas redes sociais: facebook, instagram e twitter.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap