Manaus, 22 de abril de 2024
×
Manaus, 22 de abril de 2024

Cidades

Avenidas Ephigênio Salles e Governador José Lindoso vão ser interligadas por viaduto construído pela Prefeitura

O trecho é apontado por condutores como um dos de maior retenção de veículos em horários de pico do tráfego.

Avenidas Ephigênio Salles e Governador José Lindoso vão ser interligadas por viaduto construído pela Prefeitura

(Foto: Clóvis Miranda/Semcom/Márcio Melo/Seminf)

Manaus (AM) – O prefeito de Manaus, David Almeida, assinou, nesta quinta-feira, 29/2, a ordem de serviço para início das obras de construção do novo viaduto na rua Rio Preto, que vai interligar as avenidas Ephigênio Salles e Governador José Lindoso (Torres), entre as zonas Leste e Centro-Sul da capital.

O projeto do novo viaduto prevê investimento de R$ 58 milhões, com recursos próprios da prefeitura, integrando um plano de ordenamento do fluxo nos principais corredores viários da cidade. O prefeito informou que a obra tem previsão inicial para ser entregue em um ano e seis meses, mas disse que já pediu para que esse prazo seja encurtado, para que o viaduto seja entregue ainda neste ano.

“Eu acredito que a mesma expertise utilizada na construção do viaduto das Torres com a rua Rio Branco, ela vai ser usada aqui. Ainda este ano, quem sabe, um presente de Natal para a população, onde a gente possa estar entregando essa obra tão importante para o tráfego aqui na zona Norte da cidade de Manaus”, informou o Almeida.

O secretário de Obras, Renato Junior, disse que os servidores da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) vão trabalhar para cumprir com o prazo determinado pelo prefeito, para que o novo viaduto fique pronto em menos de um ano.

“Cabe a gente, da secretaria de obras, usar e abusar de tecnologia, esforço, horários alternados de trabalho, para entregar essa determinação do prefeito no ar e ao vivo, para que as pessoas possam realmente ter esse benefício. O prefeito David visa a qualidade de vida das pessoas, e para melhorar a qualidade de vida das pessoas, o trânsito precisa ser melhorado na cidade de Manaus”, destacou o secretário Renato Junior.

Projeto

O trecho é apontado por condutores como um dos de maior retenção de veículos em horários de pico do tráfego. O projeto da prefeitura prevê a construção de um equipamento viário que tornará obsoleto os dois semáforos instalados no cruzamento da rua Rio Preto e da avenida Governador José Lindoso.

prefeito-assina-ordem-de-servi

(Foto: Clóvis Miranda/Semcom/Márcio Melo/Seminf)

O diretor-presidente do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Paulo Henrique Martins, explica que o trânsito no local é resultado do entroncamento de diversas vias de três zonas da capital, por isso foi priorizada a construção de um viaduto que vai dar maior fluidez ao tráfego naquela área.

“Essa solução vai tirar um dos movimentos do cruzamento e a gente vai conseguir que, tanto quem vem da zona Norte como quem vem aqui da zona Oeste, e quem vem da Ephigênio Salles, passe por esse lugar muito mais rápido. Assim a gente consegue dar mais velocidade, mais fluidez. As pessoas que passam por aqui vão perder menos tempo do seu trajeto diário, de casa para o trabalho e do trabalho para casa”, explicou.

Os condutores já estão na expectativa pelo novo viaduto, pois o tempo de espera chega a ser de superior a 40 minutos para sair do cruzamento entre as avenidas.

“Vai ser muito bom, muito bom mesmo. Hoje a gente leva em média 30, 40 minutos para sair daqui, para passar por aqui. Então, vai ser muito bom. Está de parabéns a prefeitura”, disse o militar Francisco Alderí.

Assista à live do Portal AM1 na cerimônia de assinatura da ordem de serviço:

David Almeida assina ordem de serviço para obra de novo viaduto que vai interligar avenida das Torres e Efigênio Salles

Publicado por Amazonas1 em Quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

Congestionamentos

O motoqueiro Lucivaldo Lima, que atua como entregador de aplicativo, conta que o viaduto vai reduzir o número de congestionamentos. “Vai facilitar muito, né? Para o cidadão que vai trabalhar de manhã cedo, às 5h, 6h. Vai facilitar muito o trajeto”, disse o entregador.

A obra, inicialmente, não causará paralisação no trânsito. A previsão é que algumas intervenções sejam feitas apenas na fase de concretagem do viaduto às vigas de sustentação.

(*) Com informações da assessoria

LEIA MAIS: