Anvisa diz que análise na vacina Coronavac será feita no prazo de até 5 dias úteis - Amazonas1
30 de novembro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Anvisa diz que análise na vacina Coronavac será feita no prazo de até 5 dias úteis

Agência Nacional de Vigilância Sanitária afirmou, nesta sexta-feira, em nota enviada ao Metrópoles, que a vacina chinesa contra o novo coronavírus, terá a análise feita no prazo máximo de até cinco dias úteis

Anvisa diz que análise na vacina Coronavac será feita no prazo de até 5 dias úteis
Foto de reprodução

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmou, nesta sexta-feira (23/10), em nota enviada ao Metrópoles, que a vacina chinesa contra o novo coronavírus, a Coronavac, terá a análise feita no prazo máximo de até cinco dias úteis.

“Para não haver perda de tempo, o processo foi desmembrado e as vacinas envasadas terão sua análise feita no prazo máximo de até cinco dias úteis, separadamente da análise do pedido de insumos, pela ferramenta já descrita – circuito deliberativo”, diz a nota.

A agência afirma, ainda, que esse processo se encontrava pautado para o dia 4 de novembro. “Justamente para que houvesse tempo hábil para o atendimento das discrepâncias apontadas no processo referente à matéria-prima vacinal”, ressalta a Anvisa.

Instituto Butantan

Sobre a nota divulgada de que a Anvisa retarda a importação de matéria-prima para fabricação de vacinas do Instituto Butantan, a agência se pronunciou. “Informamos que o referido processo já havia sido analisado quando da publicação da notícia e que foram identificadas discrepâncias. Essas discrepâncias foram comunicadas ao Instituto Butantan”.

A declaração segue: “Informamos ainda que, no mesmo processo dos insumos, encontra-se o pedido de autorização excepcional para importação de vacina na forma de seringa preenchida e na forma de um produto intermediário, isto é, o produto não envasado/bulk. É importante esclarecer que são produtos em condições sanitárias diferentes. Entretanto, com o intuito de contribuir para a prontificação mais rápida de toda e qualquer vacina passível de registro”.

Ao finalizar, a agência insiste que não existe “nenhum tipo de retardo/atraso/morosidade por parte da Anvisa. A análise foi feita e as discrepâncias foram encaminhadas para o laboratório a fim de serem solucionadas”, diz o comunicado.

(*) Com informações da Agência Brasil

 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading