Doria não fará uso de cloroquina: “sigo os médicos, não Bolsonaro” - Amazonas1

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

26 de setembro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Doria não fará uso de cloroquina: “sigo os médicos, não Bolsonaro”

Doria e a sua esposa, Bia Doria, testaram positivo para a Covid-19. Eles afirmaram que estão assintomático. O casal permanecerá em isolamento, por 10 dias

Doria não fará uso de cloroquina: “sigo os médicos, não Bolsonaro”
Crédito: Valter Campanato/Agência Brasil

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou, nesta quarta-feira (12), que não está tomando cloroquina como tratamento contra o coronavírus, após testar positivo para a doença. Sobre o assunto, o político disse, em entrevista à CNN: “Só tomo aquilo que os médicos recomendaram, não o que o presidente Bolsonaro recomenda”.

“Os médicos não me recomendam cloroquina. Aliás, o Dr. [infectologista] David Uip não me prescreveu nenhum medicamento, apenas o isolamento”, acrescentou o governador.

Doria e a sua esposa, Bia Doria, testaram positivo para a Covid-19. Eles afirmaram que estão assintomático. O casal permanecerá em isolamento, por 10 dias.

O governador anunciou que está com a Covid-19 pelas redes sociais. Confira:

Leia mais: Empresários e governadores defendem agenda ambiental da Amazônia Legal

 

(*) Com informações do Metrópoles

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading