David ignora discurso de ‘valorização da saúde’, investe em festas, aglomerações e máscara no queixo

Publicado em 27/12/2021 08:20

MANAUS (AM) – Ao longo de seu primeiro ano de gestão, o prefeito David Almeida (Avante) deixou o discurso de ‘valorização da vida’ só nas palavras e abriu mão de uma das principais medidas de prevenção contra a Covid-19; o uso de mascaras. Sem a medida preventiva, David promoveu diversas festividades em 2021, todas com direito a aglomerações e troca de afeto entre o prefeito e a população e até autoridades, deixando de lado o distanciamento social e as demais recomendações durante a pandemia.

No mês de dezembro, o prefeito David Almeida (Avante) promoveu diversas aglomerações no Complexo Turístico da Ponta Negra, durante o mês de dezembro. Até a última hora ainda insistiu em festas, que só foram canceladas após pressão popular.

Durante a inauguração da árvore de Natal e o presépio móvel, o prefeito não fez uso de máscaras mas abraçou diversas pessoas para comemorar as ornamentações natalinas. As festividades aconteceram no mesmo período em que a Fundação de Vigilância Sanitária (FVS) emitiu um novo sinal de alerta e afirmou que o Amazonas se aproxima da fase laranja de contágio, além dos casos de gripe que continuam a crescer na capital.

Na última quarta-feira (22), não foi diferente, David usou suas redes sociais para convidar a população para sair de casa e “prestigiar” a ornamentação natalina na Ponta Negra. Ao lado de sua filha, Fernanda Aryel, David apareceu mais uma vez sem máscara e caminhou pelo entorno do presépio móvel.

O comportamento do prefeito se tornou típico em seu primeiro ano de gestão, em todos os seus discursos David opta por se comunicar sem máscara mesmo quem o evento em questão reúna diversas pessoas. Mesmo vendo Manaus sofrer no começo do ano com mortes por Covid, David arrisca diante da Ômicron.

O mesmo acontece nas ações da prefeitura, em suas publicações nas redes sociais é possível perceber que David prefere marcar a máscara apoiada no queixo na hora de cumprimentar a população. Prova disso, foi durante a entrega de brinquedos nas zonas rurais da cidade no período de Natal.

Leia mais: David Almeida ‘brinca’ com orçamento bilionário e ignora população

Em uma das entregas, David desceu do presépio móvel para participar da ação e aproveitou para abraçar idosos e beijar crianças. Em nenhum momento David, apareceu usando a medida de prevenção.
Vale destacar que as comunidades ribeirinhas foram as que mais sofreram com a falta de acesso à saúde durante a pandemia devido a distância da capital.

Mesmo tentando promover o incentivo à vacinação e o combate a pandemia em Manaus, David apareceu diversas vezes em unidades de saúde sem fazer uso de máscara e abraçando eleitores nos locais.

Um dos momentos foi registrado pelo prefeito é compartilhado nas redes sociais, na ocasião, em uma UBS no bairro Cidade Nova, David aparece novamente com a máscara no queixo discursando para profissionais de saúde e convocando as pessoas a se vacinarem contra a Covid-19.

Aglomerações

Além de ignorar o uso da máscara e o distanciamento social, David também usou o primeiro ano de gestão para promover diversas festividades. A cada obra inaugurada ou “meta alcançada”, a gestão de David montava palcos e promoveria show de fogos de artifício em diversas zonas da cidade.

Em junho, por exemplo, David inaugurou a revitalização da praça da Bola das Letras, localizado no bairro Dom Pedro. Com show de luzes, a inauguração contou com um palco com música ao vivo e queima de fogos. Semanas depois a praça foi alvo de ataques de vandalismo e os monumentos acabaram sendo queimados por criminosos.

Porém, apegado a sua “benfeitoria”, David decidiu reformar novamente o monumento afetado pelos ataques e promover uma nova inauguração do local.

Outra grande festa foi marcada pela gestão de David, a comemoração de 1 milhão de doses aplicadas contra a Covid-19. David foi alvo de investigações por fura-fila das vacinas, assim como sua secretária de Saúde, Shadia Fraxe.

Na época, a Prefeitura de Manaus promoveu uma festa no Centro de Cultural Povos da Amazônia, com fogos e soltura de balões brancos. No entanto, especialistas alertaram para a importância de tomar a segunda dose da vacina e somente então, comemorar 100% de imunidade da população. Naquele momento, menos de 20% da população da capital havia recebido as duas doses do imunizante.

Para o médico infectologista, Nelson Barbosa o comportamento de David Almeida se assemelha a de muitos políticos brasileiros, que colocam o “poder” acima da ciência e saúde.

“Todos as autoridades se acham acima da saúde e da lei. O comportamento do prefeito só monstra o descaso que ele tem com a vida e a saúde dos outros. Acredito que acima de tudo, esse comportamento é um risco para a população”, analisou.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS