MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Peregrinação: prefeitos do AM vão a Brasília em busca de recursos

• Publicado em 08 de outubro de 2021 – 16:58
Charge do dia

MANAUS, AM – A última semana foi o período em que políticos do Amazonas foram aos gabinetes dos deputados federais e senadores do Norte em busca de recursos. Entre os dias 5 e 8 de outubro, prefeitos do interior do Amazonas peregrinaram por todos os gabinetes dos parlamentares da bancada do estado para garantir recursos para o orçamento de 2022.

As idas a Brasília não são por acaso, pois, em 16 de setembro de 2021, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) enviou o Projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2022 ao Congresso Nacional. Os projetos e emendas estão em tramitação na Câmara dos Deputados, e, só depois, devem seguir para o Senado Federal com as emendas propostas e aprovadas pelos deputados.

Além disso, as visitas dos políticos se devem ao fato de que, na última quinta-feira, a Câmara dos Deputados aprovou um Projeto de Emenda Constitucional (PEC) que aumentou o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Pela nova regra, de 50% da arrecadação total do Imposto de Renda (IR) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), 23% vão ficar com os municípios, gerando um aporte total de R$ 200 milhões até 2025.

Gamaliel Andrade, de Tapauá, foi aos gabinetes de praticamente toda a bancada atrás de recursos. Foto: Reprodução

Leia mais: Omar se reúne com prefeitos de Tapauá e Rio Preto da Eva, em Brasília

A prefeita de Presidente Figueiredo, Patrícia Lopes (MDB), estava entre os que seguiram rumo a Brasília. Ela se encontrou com os deputados federais Capitão Alberto Neto (Republicanos) e Marcelo Ramos (PL) e o senador Plínio Valério (PSDB), solicitando recursos para investimentos no novo Mercado Municipal de Presidente Figueiredo.

Quem também foi a Brasília foi o prefeito de Tefé, Nicson Marreira (PTB). Ele foi ao gabinete do deputado Átila Lins (PP) para pedir recursos para obras no município, como o Centro de Convivência do Idoso e o estádio de futebol do bairro do Abial. O prefeito ainda afirmou que o deputado enviou recursos para a instalação de uma UTI no Hospital Regional do município.

O prefeito de Tapauá, Gamaliel Andrade (PSC), foi outro gestor que foi a Brasília buscar recursos. Ele se encontrou com toda a bancada amazonense no Senado Federal, e os deputados federais Silas Câmara (Republicanos), Bosco Saraiva (SD), Capitão Alberto Neto e Átila Lins, em busca de recursos. Andrade também foi acompanhado dos vereadores Aldair José e Jones Edson, e do secretário municipal de Assistência Social, Igor Almeida.

Beto D’Ângelo (Republicanos), prefeito de Manacapuru, também foi a Brasília para pedir recursos para o seu município. Em encontros com os senadores Omar Aziz (PSD) e Eduardo Braga (MDB), D’Ângelo conseguiu recursos para a construção de uma policlínica e ramais. De Braga, inclusive, o prefeito já conseguiu um total de R$ 30 milhões em recursos federais destinados ao município.

O prefeito de Tabatinga, David Bemerguy, também esteve presente nesse encontro de gestores municipais do Amazonas em Brasília.

Apadrinhamento

A ida dos prefeitos a Brasília também é uma forma de demonstrar fidelidade a muitos “padrinhos” políticos. As emendas destinadas por meio da LOA de 2022 podem ser cobradas, inclusive em apoio político para a reeleição de muitos políticos.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap