Com 45% dos restaurantes ainda fechados, Abrasel pede nova flexibilização no horário - Amazonas1
19 de abril de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Com 45% dos restaurantes ainda fechados, Abrasel pede nova flexibilização no horário

Segundo a Abrasel, o horário permitido para reabertura dos restaurantes no Amazonas impede funcionamento de estabelecimentos que só abrem à noite

Com 45% dos restaurantes ainda fechados, Abrasel pede nova flexibilização no horário
Foto: Diego Peres / Secom

De acordo com os dados apurados pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), em que reuniu 108 entrevistados, 55% afirmaram terem sido beneficiados pelo decreto de flexibilização do Governo do Amazonas, e conseguiram reabrir para atendimento. Os outros 45% informaram que não estão trabalhando de modo presencial, pois os serviços oferecidos não se encaixam no novo decreto, como por exemplo atividades que funcionam à noite.

Com esse levantamento, o presidente da Abrasel no Amazonas, Fábio Cunha, e os membros do seu conselho, estiveram em reunião com o governador Wilson Lima para discutir a melhoria do quadro funcional da alimentação em bares e restaurantes. Durante o encontro, que ocorreu na sede do Governo do Estado nessa quarta-feira (3), Wilson Lima ressaltou que as decisões adotadas para o controle da pandemia consideram os indicadores de vigilância sanitária.

O presidente da Abrasel salientou o compromisso dos empresários da área, no que se refere às medidas de segurança para evitar a proliferação dos casos de Covid-19.

“Existem algumas empresas que não estão comprometidas com esses protocolos, mas a gente apoia que sejam exemplarmente punidas. Já está mais do que orientado o que se deve fazer: é o espaçamento das mesas, a capacidade tem que ser reduzida a 50%, o álcool em gel em todas as mesas, as máscaras sendo usadas pelos atendentes”, destacou.

O próximo encontro acontece nesta sexta-feira (5), junto com o Comitê de Enfrentamento da Covid-19, no qual será avaliada a solicitação da Abrasel. No último dia 22, o Governo do Amazonas autorizou o funcionamento de restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos registrados como restaurantes entre 6h e 16h, em virtude da queda dos indicados da Covid-19. O delivery nesses casos está liberado até 22h e o drive-thru até 18h.

Fábio Cunha ainda destacou que a associação lançou uma campanha de orientação para reforçar os cuidados contra o novo coronavírus. “Apesar da gente ser treinado para atender bem os nossos clientes, a gente também vai ser rigoroso com ele quando não estiver cumprindo o protocolo dentro do estabelecimento. Essa é a orientação da Abrasel, a associação está fazendo uma campanha para que os retornos das atividades sejam feitos com moderação e muita responsabilidade, porque nós precisamos nos manter vivos no comércio”, disse o presidente.

 

(*) Com informações de assessorias

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]