Com recebimento de oxigênio, bebês prematuros de Manaus deixam de ser transferidos  - Amazonas1
7 de março de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Com recebimento de oxigênio, bebês prematuros de Manaus deixam de ser transferidos 

As maternidades foram abastecidas nessa sexta-feira e, por se tratar de uma operação de risco, a Secretaria Estadual de Saúde preferiu mantê-los em Manaus

Com recebimento de oxigênio, bebês prematuros de Manaus deixam de ser transferidos 
Foto: Divulgação

Após o recebimento de cilindros de oxigênio em maternidades de Manaus, não foi mais necessário realizar a transferência de bebês prematuros da capital para outros estados do país. A informação foi confirmada pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-AM), nessa sexta-feira (15).

Porém, embora as maternidades tenham sido abastecidas, a secretaria não descarta a possibilidade de haver transferências, caso haja necessidade, tendo em vista a escassez do insumo no Amazonas.

Leia mais: Amazonas pede ajuda de outros estados para transferir bebês prematuros

“A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) informa que o Governo do Estado continua empreendendo todos os esforços para abastecer as unidades de saúde com oxigênio. As maternidades foram abastecidas nesta sexta-feira (15/01) e por se tratar de uma operação de risco, a secretaria preferiu mantê-los em Manaus, não havendo previsão de transferência neste momento, para outros estados da federação, não estando descartada a transferência, caso haja necessidade”, disse a secretaria, por meio de nota.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading