Professores da Semed prometem paralisar atividades no dia 22 por causa do Fundeb | | Amazonas1

US - R$ 5,10

×

Professores da Semed prometem paralisar atividades no dia 22 por causa do Fundeb

Manifestação do dia 12 de setembro, em frente à Semed (Foto: Rarimar Portela)

Da Redação

Professores da rede municipal de ensino prometem fazer um dia de luto nas escolas públicas de Manaus, na quinta-feira (21), e uma paralisação, na sexta-feira (22). A agenda de mobilização é pela insatisfação da categoria com a Prefeitura de Manaus pelo uso dos resíduos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais de Educação (Fundeb) em progressão salarial para parte dos servidores ao invés de abono salarial para todos.

No dia 21, os professores vão às aulas vestidos de roupas pretas como forma de luto. Já no dia 22, eles prometem fazer barulho com um ato público marcado para às 7h, em frente à sede Prefeitura de Manaus, no bairro Compensa, zona Oeste de Manaus.

Os organizadores do movimento também querem promover um seminário sobre o Fundeb, com local e horário a serem definidos.

O movimento divulgou um banner nas redes sociais, convocando para a manifestação. Nas redes sociais, vários professores já comentam sobre a manifestação usando a hashtag #fundebparatodos.

Nota de repúdio

O Sindicato dos Professores e Pedagogos do Município de Manaus – Asprom/Sindical divulgou uma nota de repúdio à secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt, que chamou de criminoso o movimento professores contrários à utilização do Fundeb pela Prefeitura de Manaus.

Faça um comentário