Caixa limita transferência do auxílio de R$ 600 para outras contas
A + A -

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

28 de maio de 2020
Site auditado pelo

Redes Sociais

[email protected]

Caixa limita transferência do auxílio de R$ 600 para outras contas

Legislação que criou o benefício diz que Conta Poupança Social deve permitir, no mínimo, uma transferência.

Caixa limita transferência do auxílio de R$ 600 para outras contas
Foto: Adriana Toffetti/A7 Press/Folhapress

A Caixa Econômica Federal vai limitar transferências DOC ou TED da segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 na Conta Poupança Social.

A opção será liberada apenas no próximo dia 30.

A medida procura evitar a aglomeração de pessoas nas agências do banco.

A lei que criou o benefício estabelece ao menos uma transferência por mês.

Um dos artigos da legislação diz: “No mínimo uma transferência eletrônica de valores ao mês sem custos para conta bancária mantida em qualquer instituição financeira.”

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, explicou que as pessoas estão conseguindo sacar o dinheiro após fazer transferências para um familiar ou amigo.

“Nós tínhamos organizado para que as pessoas sacassem organizadamente”, disse, em coletiva realizada na semana passada. Mais da metade das pessoas que estavam nas filas da Caixa não tinham o direito de receber o auxílio.

“Agora, nós queremos organizar as filas e ter o controle de quem vai receber”, prosseguiu Pedro Guimarães.

A Caixa informou que está realizando um adiantamento do pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 e, por isso, não pode ser considerado um bloqueio de transferências.

Até o dia 30, é possível fazer movimentações digitais.

 

(*) Com informações do Metrópoles

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias