Poupança continua mais vantajosa que fundos de renda fixa com Selic a 6,5%

US - R$ 4,19

×

Poupança continua mais vantajosa que fundos de renda fixa com Selic a 6,5%

A estabilidade da taxa básica de juros mantém a poupança como um investimento mais atrativo que a maioria dos fundos de investimento de renda fixa.

A estabilidade da taxa básica de juros mantém a poupança como um investimento mais atrativo que a maioria dos fundos de investimento de renda fixa, em especial aqueles com taxas de administração mais altas, de acordo com simulações feitas pela Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade).

Nesta quarta (19), o Copom (Comitê de Política Monetária) decidiu manter a Selic em 6,5% ao ano, em linha com a expectativa do mercado. A taxa completa 15 meses no atual patamar, o menor da história. Neste cenário, a Anefac estima o rendimento mensal da poupança em 0,37%.

Pelas contas da associação, os fundos de investimentos tem um rendimento superior às contas da poupança apenas quando suas taxas de administração são de até 1% ao ano, ou quando o prazo de resgate é superior a dois anos com uma taxa anual de até 1,5%.

As modalidades de investimento empatam em rendimento nos casos em que a taxa de administração do fundo é de 1% com resgate em até 6 meses e naqueles em que a taxa é de 1,5% e o resgate acontece no intervalo de um a dois anos.

“Mesmo com a redução da Selic, a poupança vai continuar se destacando frente aos fundos de renda fixa por não pagar imposto de renda nem taxas de administração. Este fato deverá provocar em reduções nos custos das taxas de administração de fundos dos bancos para não perderem clientes”, afirma Miguel José Ribeiro de Oliveira, diretor executivo de estudos e pesquisas econômicas da Anefac.

(*) Com informações da Folhapress

Faça um comentário