US - R$ 4,03

×

Preço do pão no AM poderá sofrer reajuste com impacto do dólar

Com o dólar estável, o aumento do preço da farinha de trigo pode ocorrer a qualquer momento, devido à dependência da moeda americana


Apesar de não ter previsão para o aumento no preço do pão, o Sindicato das Indústrias da Panificação e Confeitaria do Amazonas (Sindpan), informou que o reajuste pode ocorrer a qualquer momento, devido ao mercado de panificação depender da volatilidade do dólar, já que a farinha de trigo é uma matéria-prima importada e é o principal produto da produção de pão e massas.

De acordo com presidente do Sindpan, Carlos Alberto de Azevedo, o menor preço do pão segue sendo de R$ 5,20, e o maior preço a R$ 14,50 o quilo.

Carlos Azevedo, presidente do Sindicato das Indústrias de Panificação e Confeitaria do Amazonas. (Bruno Pacheco/Amazonas1)

Principal produto da produção de pão e massas, a farinha de trigo é, em sua grande maioria, importada. Boa parte de seu material vem do exterior, pois no Brasil, não há uma produção de grande proporção voltado a esse setor. Segundo Carlos Azevedo, a importação de trigo é devido a produção nacional não atender ao mercado.

“Como o trigo é uma matéria prima importada, qualquer variação no dólar, automaticamente, terá um reflexo no preço da farinha de trigo. A produção de trigo nacional não atende o mercado, e o Brasil precisa importar trigo.”, comunicou o presidente.

Azevedo informou ainda, que, o mercado é livre para praticar o preço que quiserem, mas que o sindicato disponibiliza uma tabela de preço em que as panificadoras podem ou não usarem.

Maiores x menores preços

Os maiores preços, segundo ele, encontram-se nas empresas que estão nas áreas mais nobres de Manaus, devido aos custos serem mais elevados, enquanto que nas áreas periféricas, distantes das áreas centrais do comércio, o custo é menor.

Na Zona Sul e na área central de Manaus, além de shoppings da capital, é onde os preços estão mais elevados.

“Uma empresa que está na área central tem um custo muito mais alto do que aquela que está na periferia. Vários fatores influenciam, como o IPTU de quem está no centro é mais caro, o custo de aluguel também é maior, a própria manutenção e as condições da loja são diferenciadas.”, informou Carlos Azevedo.

Pão mais procurado

O pão mais procurado pelos consumidores, segundo o Sindpan, é o Pão Frances, ou também conhecido como o ‘Brotinho’ ou ‘pão de massa-grossa’. Nos grandes shoppings, a procura principal é pelos lanches feitos. 

Para a consumidora, a dona de casa Francisca Assis, de 57 anos, a procura sempre será pelo pão mais bem preparado. Ela afirma que o importante é o produto ser bem produzido, pois é o sabor final que o cliente irá preferir.

“A padaria pode ser a melhor que for, mas se o pão, que é o principal alimento procurado nas panificadoras não for bom, o cliente não ficará satisfeito e não irá voltar ao estabelecimento. Por isso, eu acredito que é essencial essa diferenciação. O pão tem que ser delicioso.”, enfatizou a dona Francisca.

Faça um comentário