Doação de campanha para candidatos a prefeito do interior soma R$ 8,4 milhões - Amazonas1
1 de dezembro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Doação de campanha para candidatos a prefeito do interior soma R$ 8,4 milhões

Prefeitos que buscam a reeleição em municípios como Coari e Manacapuru estão no topo da lista dos que receberam mais doações

Doação de campanha para candidatos a prefeito do interior soma R$ 8,4 milhões

Dos 271 candidatos a prefeito no interior do Amazonas, 150 já receberam doações em dinheiro para gastar em suas campanhas. Os valores, doados por pessoas físicas e pelos partidos, somam mais de R$ 8,4 milhões.

Os dados foram apurados pelo Portal AM1, até esta quarta-feira (28), no Sistema de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais (DivulgaCand) do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Adail Filho (PP), atual prefeito de Coari, que concorre à reeleição, contabiliza o maior valor, até agora: R$ 600 mil para gastar em sua campanha. Desse valor, R$ 100 mil foram doados pela sua legenda, o partido Progressistas, R$ 200 mil foram doados pelo PSD e R$ 300 mil pelo PL.

Logo atrás, com o segundo maior valor recebido entres os postulantes do interior, está Beto D’Ângelo (Republicanos), atual prefeito de Manacapuru, também concorrendo à reeleição, com R$ 400 mil na conta, doados pelo seu partido.

No mesmo município, o concorrente de Beto D’Ângelo, candidato Angelus Figueira (PSC), recebeu R$ 203 mil em doações do PSD e de pessoas físicas.

De olho na Prefeitura de Manicoré, o candidato Lúcio Flavio (PSD) recebeu R$ 215,6 mil em doações, também do PSD, e de pessoas físicas. Já em Presidente Figueiredo, o candidato Ricelli Pontes (PSC) contabiliza R$ 208,2 mil em doações feitas pelos partidos SD, PSDB, PSC e também de pessoas físicas.

Bi Garcia (DEM), que é candidato à reeleição em Parintins, também está entre os que receberam maiores doações. Somente do PL, ele recebeu R$ 200 mil para gastar na campanha.

Casa dos R$ 100 mil

Ainda de acordo com o DivulgaCand, 20 candidatos do interior receberam doações em valores que variam entre R$ 100 mil a R$ 176 mil. Sendo eles: Sansuray Xavier (PSD), de Anori; Deizimar (PSD), de Atalaia do Norte; Demis (PSD), de Beruri; Dr Alexandre (PSD), de Boa Vista do Ramos; Simão Peixoto (PP), de Borba; Pedro Guedes (PSD), de Careiro da Varzea; Romulo Mattos (PL), de Envira; Dr. Lazaro (PSL) e Sué Araújo (PSD), ambos de Fonte Boa.

Além de Rogerio Silvério (PSD), de Ipixuna; Augusto Ferraz (DEM), em Iranduba; Mário Abrahim (PSC), de Itacoatiara; Santa Feitosa (PP), em Itamarati; Nadiel Serrão (PSC), em Itapiranga; Professor Vanilso (PSD), de Japurá; Jair Souto (MDB), de Manaquiri; Marina Pandolfo (PSD), de Nhamundá; Renato Afonso (PSD), em Pauini; Aldenora Magalhães (PSD), em Tabatinga; e Normando Bessa (PP), em Tefé.

Abaixo

Em 52 municípios, 89 candidatos ao cargo de prefeito receberam valores abaixo de R$ 100 mil. Entre eles, está o prefeito de Anamã, Chico do Belo (PSC), que recebeu, até agora, R$ 66 mil; prefeito de Autazes, Andreson Cavalcante (PSC), que recebeu R$ 51,9 mil.

Além deles, também receberam valores menores o prefeito de Caapiranga, Tico Braz (PSC), 18,5 mil; prefeito de Canutama, Otaniel Lyra (PP), R$ 25 mil; prefeito de Carauari, Bruno Ramalho (MDB), com R$ 18 mil; prefeito de Careiro, Nathan Macena (Republicanos), com R$ 14,1 mil.

Em Eirunepé, o candidato à reeleição Raylan Barroso (DEM) recebeu R$ 32,2 mil. Em Humaitá, Herivaneo Seixas (PL) recebeu R$ 40 mil. Já em Maués, Junior Leite (PSC), recebeu R$ 40 mil. O prefeito de Nova Olinda do Norte, Adenilson Reis (MDB), contabiliza R$ 55 mil para gastar na campanha.

Em Rio Preto da Eva, São Gabriel da Cachoeira e Tabatinga, os prefeitos Anderson Souza (PP), Clovis Curubão (PT) e Saul Bemerguy (MDB), receberam, respectivamente, R$ 82 mil, R$ 25 mil e R$ 37 mil.

Mais pobres

Do total de mais de R$ 8,4 milhões, também há aqueles candidatos que receberam valores de até R$ 10 mil e outros que não chegaram a receber nem mil reais. Até essa quarta, foram 27 candidatos do interior do Amazonas que receberam valores de R$ 1 mil a R$ 10 mil.

Os mais pobres são Geroncio Filho (PT) e Radinho (PSC), candidatos de Barcelos, que receberam R$ 700 e R$ 300 em doações, respectivamente.

Em Jutaí e Lábrea, os candidatos Izaias Lemos (DEM) e João Roberto (PV) receberam apenas R$ 500 cada.

O total dos valores recebidos em doações, apurado pelo Portal AM1, até esta quarta-feira, já chega a mais de R$ 8,4 milhões. Vale destacar, que esse montante pode aumentar ou diminuir nos próximos dias, devido à realização de novas doações que podem ser feitas aos candidatos.

 

 

 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading