Em pouco mais de 100 dias, prefeitura instala apenas 20 câmeras em avenidas de Manaus - Amazonas1
15 de maio de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Em pouco mais de 100 dias, prefeitura instala apenas 20 câmeras em avenidas de Manaus

A atual gestão instalou apenas 20 câmeras de segurança das 180 previstas até o final do ano

Em pouco mais de 100 dias, prefeitura instala apenas 20 câmeras em avenidas de Manaus
(Foto: Márcio Silva/ Portal AM1)

MANAUS, AM – No último dia 8 de março, câmeras de monitoramento começaram a ser instaladas em Manaus. A medida é uma das promessas do prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), para melhorar a segurança na cidade.

Contudo, em 100 dias de governo, a atual gestão instalou apenas 20 câmeras de segurança, das 180 previstas até o final do ano. O total de pontos instalados em abril deve chegar a 41.

O mandato que iniciou sendo marcado por polêmicas, após denúncias de fura-filas na campanha de vacinação contra a covid-19 e investigações do Ministério Público do Estado (MPE-AM), também sendo alvo de cobranças da população.

David Almeida pede suspensão do feriado de Quarta-feira de Cinzas

(Foto: Dhyeizo Lemos / Semcom)

Segundo a Prefeitura de Manaus, as câmeras foram instaladas em “pontos distribuídos de forma estratégica pela cidade, como as principais avenidas, viadutos e rotatórias”.

Entre estes estão as avenidas Umberto Calderaro Filho, Mário Ypiranga, Torquato Tapajós, Darcy Vargas, Efigênio Sales, Boulevard Álvaro Maia, e nas rotatórias do Produtor e do São José.

O monitoramento é feito pelo Centro de Cooperação da Cidade (CCC) e, em média, dois pontos são instalados por dia.

Leia também: Entre altos e baixos, David Almeida completa 100 dias no comando de Manaus

Sobre os equipamentos

A instalação de câmeras de monitoramento em várias partes da cidade faz parte de um projeto que visa atender as demandas de trânsito, mobilidade urbana, Defesa Civil, Guarda Municipal e segurança dos prédios públicos.

Cada equipamento consegue visualizar uma área em 360°graus. A instalação e funcionamento total estão previstos para o mês de abril.

As novas câmeras possuem sistema LPR – sigla para License Plate Recognition ou Reconhecimento de Placas de Veículos – que capturam e reconhecem as placas de veículos, inibindo os condutores de cometerem infrações e proporcionando mais segurança aos cidadãos. O sistema pode identificar, de forma mais ágil, até veículos roubados.

Ainda de acordo com o CCC, os equipamentos foram adquiridos, por meio de recurso federal, pelo Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (FINISA). A licitação foi vencida pela Motorola Solution Ltda., que vai instalar e dar a manutenção dos equipamentos no prazo de um ano. O custo total do investimento foi de R$ 2.994.820,00.

O monitoramento será realizado por funcionários lotados na Guarda Municipal, IMMU, Defesa Civil de Manaus, com ampliação de assentos futuros para a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Mobilidade e fluidez

O especialista de trânsito, Haniery Mendonça comentou sobre as câmeras e disse que existe a possibilidade das imagens capturadas  serem usadas para apurar irregularidades, mas que para esse tipo de atuação, o órgão responsável pelo monitoramento deverá seguir recomendações  do  Código de Trânsito Brasileiro (CTB). que são burocráticas e demoradas.

“A questão de notificação pode ser colocada sim, desde que obedeça todo o trâmite do CTB, passando por licitações, comunicados prévios a população, fixação de placas explicativas, cadastramento de um agente de trânsito responsável pelo monitoramento e outros. É um processo burocrático, não é uma coisa tão simples assim”, comenta o analista.

Mendonça disse ainda, que a ideia das instalações de câmeras em toda a cidade é de dar maior fluidez ao trânsito e melhorar  a mobilidade urbana.

“Essas câmeras estão sendo instaladas para controle de fluxo de trânsito, para facilitar um deslocamento mais rápido, por exemplo, de um agente de trânsito ou uma viatura em vias com poucos carros. Eles estão com uma ideia de melhorar a mobilidade urbana da cidade”, enfatiza Haniery.

Leia mais: Manaus contará com mais de 180 pontos de monitoramento até fim do ano

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]