Homenagem a Bolsonaro na Aleam divide esquerda e direita no AM - Amazonas1
15 de maio de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Homenagem a Bolsonaro na Aleam divide esquerda e direita no AM

Políticos de esquerda criticaram a homenagem a Bolsonaro feita pela ALEAM; presidente visitará Manaus na sexta-feira (23)

Homenagem a Bolsonaro na Aleam divide esquerda e direita no AM
Foto: Isac Nóbrega/PR/ Fotos públicas

MANAUS, AM – Na próxima sexta-feira (23), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vai receber o título de Cidadão do Amazonas. A proposta foi aprovada quase que por unanimidade pela Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALEAM). A homenagem a Bolsonaro na ALEAM foi duramente criticada por políticos de esquerda do estado.

O projeto da honraria foi proposto pelo deputado Delegado Péricles, e aprovado quase que por unanimidade. No entanto, apenas o deputado Serafim Corrêa (PSB) votou contra. Sinésio Campos (PT), oposição ao presidente, não estava na ALEAM no momento da votação. Já o deputado Dermilson Chagas (PEN) se absteve de votar.

Na esquerda

O deputado federal José Ricardo (PT), candidato à Prefeitura de Manaus em 2020, chamou a homenagem de “afronta à população e às famílias dos 12 mil mortos” por covid-19 no estado. O parlamentar integra a oposição ao presidente na Câmara dos Deputados.

Leia mais: Bolsonaro receberá Título de Cidadão do Amazonas nesta sexta-feira em Manaus

“Deixou faltar oxigênio, apoia desmatamento, é genocida. Só Serafim foi contra essa [sic] ato absurdo e anti-povo [sic]”, escreveu o deputado no Twitter.

O advogado Marcelo Amil (PCdoB), candidato à Prefeitura em 2020, comentou o assunto. Segundo ele, a homenagem foi um “tapa na cara” dos quase 13 mil amazonenses mortos. Amil ainda falou sobre o que chamou de “sabotagem do governo federal ao combate à covid”.

“Hoje, minha paciência pra bolsomínion tá [sic] menor que o respeito da ALEAM pelos amazonenses mortos por covid”, escreveu Amil no Twitter.

Comeram abiu?

Enquanto a proposta da ALEAM foi duramente combatida na esquerda, o mesmo não se viu na direita. O vereador Capitão Carpê Andrade (Republicanos) limitou-se a fazer um post no Facebook perguntando quem concordava e quem discordava da homenagem.

Já entre outros políticos mais defensores do presidente, como Coronel Menezes (Patriota) e Chico Preto (DC), não foram vistos posts de apoio à homenagem. Até mesmo no perfil do autor da proposta, Delegado Péricles, não foi feita qualquer menção à aprovação. O deputado federal Capitão Alberto Neto (Republicanos), vice-líder do Governo na Câmara dos Deputados, também não comentou a homenagem nas redes sociais.

A visita

O presidente vem a Manaus na sexta-feira para a inauguração da segunda etapa do Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques. Na capital, além da homenagem na ALEAM e da inauguração do Centro de Convenções, Bolsonaro vai participar da entrega simbólica de cestas de alimentos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]