MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Interior do Amazonas ganha a primeira Feira Regional

• Publicado em 31 de março de 2017 – 19:51
“Rio Preto da Eva é o primeiro município a receber uma nova Feira destinada aos produtos regionais. (Foto: Divulgação/Secom)

O município de Rio Preto da Eva (a 81 quilômetros de Manaus) ganha nesta sexta-feira, 31 de março, data em que comemora 35 anos de fundação, uma nova Feira de Produtos Regionais. As mercadorias serão vendidas diretamente pelo produtor rural, o que significa preços mais baratos ao consumidor. O investimento é da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS) em parceria com a Prefeitura do município e o Fundo de Promoção Social (FPS), que já investiu R$ 100 mil na estruturação de cinco feiras no mesmo modelo.

De acordo com o presidente da ADS, Lissandro Breval, outras nove feiras devem ser inauguradas em parceria com o FPS, em 2017, beneficiando a população da capital e do interior. “Rio Preto da Eva é o primeiro município a receber uma nova Feira destinada aos produtos regionais. A iniciativa beneficia ainda mais os agricultores e produtores rurais do Amazonas, contribuindo com a melhoria de qualidade de vida e a renda dessas famílias”, frisou.

Além de Rio Preto da Eva, os municípios de Itacoatiara, Manacapuru, Benjamin Constant, Tefé, Iranduba, Maués, Lábrea, Tonantins e Manaus deverão receber a Feira no decorrer de 2017. O evento de inauguração em Rio Preto da Eva acontecerá durante as comemorações de 35 anos de aniversário da cidade, onde 21 obras serão inauguradas pela Prefeitura em parceria com o Governo do Estado.

A nova feira abrigará mais de 50 agricultores familiares de comunidades do município e receberá um novo espaço com 20m², tendas e expositores para pescados. Na ocasião, serão entregues aos produtores mais de cinco mil embalagens para produtos regionais e eles contarão com atendimento do Balcão de Agronegócios da ADS.

Qualificação do agricultor

Durante o evento também será realizado uma Feira de Piscicultura, que oferecerá treinamentos, palestras voltadas para criação de peixes em viveiros escavados, cultivo, além de temas relacionados ao licenciamento ambiental, seleção de área, qualidade da água, calagem, adubação, densidade de estocagem, arroçamento, sanidade e comercialização, beneficiamento de pescado, retirada de espinha, produção de linguiça de peixe e fish burguer com os engenheiros de pesca da Secretaria Executiva de Pesca e Aquicultura (Sepa), órgão integrante do Sistema Sepror.

Os cursos têm como objetivo trabalhar junto aos produtores rurais o cultivo correto na criação de peixe, a otimização de sua produção com menor custo. Como exemplo dos temas de qualificação do produtor está o curso de beneficiamento de pescado, que servirá para capacitá-los a produzirem alimentos seguros com qualidade e principalmente agregar valor ao produto.

Ainda no evento, haverá uma programação voltada exclusivamente para a piscicultura, o que será coordenado pelo Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam). Os produtores participarão de um ‘Dia de Campo’, onde ser reunirão mais de 200 piscicultores.

Atualmente, o município de Rio Preto da Eva envolve mais de 480 famílias rurais na criação de peixes, e conta com uma área alagada de 714 hectares. A produção atinge a margem de 6,4 mil toneladas de pescado por ano.

Acordo de Cooperação

Em janeiro deste ano, o Governo do Amazonas, por meio Sepror, assinaram um Acordo de Cooperação Técnica com a Prefeitura de Rio Preto da Eva para a elaboração do planejamento estratégico de desenvolvimento agropecuário junto à Nova Matriz Econômica Ambiental que irá fortalecer a cadeia produtiva da piscicultura e fruticultura. O município também recebeu 90 mil alevinos de tambaqui para impulsionar o trabalho de mais 50 pequenos produtores do município.

“Estamos muito felizes com a inauguração de mais uma feira que será coordenada pela ADS. Isso é resultado das políticas de incentivos à sustentabilidade, uma vez que nossos modelos de feiras têm alcançado sucesso em toda a região por ter como foco os produtores rurais”, pontuou o presidente da ADS.

Tradição

Atualmente, funcionam sob a coordenação da ADS, em Manaus, cinco feiras que operam nos seguintes locais: Feira da Agremiação de Subtenentes e Sargentos da Amazônia (ASA); na Polícia Militar (PM); no Clube dos Suboficiais e Sargentos da Aeronáutica (Cassam); na Escola Estadual Júlio Cesar de Morais Passos (Cidade Nova) e a mais nova no Shopping Sumaúma.

Participam das feiras, hoje, 57 cooperativas, associações e produtores rurais individuais. Em todo o Amazonas, as feiras beneficiam 2.630 famílias. Com base em cálculos da ADS, a renda familiar dos agricultores aumentou em mais de 80%, com a retirada do atravessador do processo de comercialização.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap