José Melo ativa redes sociais, mas é cobrado por seguidores: ‘o senhor não ganha pra nada’

Cassado em 2017, Melo estava afastado da vida pública e voltou aos holofotes no final de 2021 anunciando pré-candidatura ao cargo de deputado estadual
Juliana Siqueira – Portal AM1
Publicado em 04/04/2022 05:01
De olho nas eleições, José Melo fica ativo nas redes sociais e é cobrado por internautas
Foto: reprodução

De olho nas eleições deste ano, o ex-governador José Melo (PROS), cassado em 2017 por compra de votos, retornou à vida pública há alguns meses e se mostra bastante ativo nas redes sociais. Os internautas, porém, fazem diversas críticas e cobranças nos comentários das postagens do político, que é pré-candidato a deputado estadual.

Melo, que foi governador em 2014, retornou aos holofotes na capital amazonense no final de 2021. Ele chegou a ceder entrevista ao vivo ao Portal AM1. Na ocasião, falou sobre sua cassação em 2017, período em que também chegou a ser preso e a usar tornozeleira eletrônica. Desde então, ele estava inelegível por conta do processo de cassação.

Após turbulências da cassação, Melo volta aos holofotes e diz que ‘não tem raiva, não tem rancor’

Fazendo postagens públicas e de cunho social, relembrando, também, ações realizadas em seu governo, o ex-gestor tenta reconquistar a população amazonense. A última publicação foi feita neste domingo (3), desejando ‘feliz aniversário’ a cidade de Rio Preto da Eva, que comemora 39 anos.

Leia mais: Melo ‘paz e amor’ diz que cassação é coisa do passado: ‘não tenho raiva e nem rancor’

“Que esse novo ciclo seja repleto de melhorias e trabalho dedicado ao nosso Rio Preto da Eva, município de belezas naturais, de potencial turístico inestimável e terra de gente boa e acolhedora”, escreveu.

Na última quinta-feira (31), Melo publicou um #TBT relembrando quando liberou mais de 15 mil títulos de terra a cidadãos amazonenses. “Todos têm direito à moradia digna e um lugar para chamar de seu e o #TBT desta quinta-feira é justamente sobre isso. Em 2015, período no qual estive como governador do Amazonas, não medimos esforços para proporcionar aos amazonenses 15.405 títulos de terra”, disse.

Leia mais: José Melo ‘perdoa’ Henrique Oliveira: ‘sou eterno devedor desse cabeçudo’

Nos comentários, internautas soltaram diversas críticas ao pré-candidato. “Ele poderia doar uma parte do sítio do Melo”, “E o restante foi parar aonde”, “Sua família foi a primeira né” e “Mas pra cargo público não serve, só basta os que ainda vamos tirar do poder”. Estes são alguns dos comentários que Melo recebe.

Outras críticas são mais diretas e condenam o retorno de José Melo à política amazonense.

“Não duvido que ganhe! Amazonense gosta de ser ROUBADO, ainda vota em Amazonino, Eduardo Braga, OMAR AZIZ!!! quando meu Amazonas vai aprender a votar e se livrar dessas pragas?”, diz um internauta.

“Se arrependa das coisas ruins que fez e esqueça o meio político pois o senhor NAO ganha pra nada!!! Só alienado pra esquecer e reeleger uma pessoa que se deixou ser usada pra surrupiar dinheiro público”, critica outro.

Outras pessoas também condenam aqueles que devem apoiar o ex-governador no pleito deste ano, no qual ele deve concorrer a vaga de deputado estadual na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).  

“Não acredito que ainda vão dá confiança pra esse ainda!!!!” e “Viche viche tô fora de votar nesse Cara, votei quebrei o cara. Esse e o Arthur Neto estão Ultrapassados na vida pública”, “Pq não pega sua aposentadoria e vai viver seus últimos anos de vida cara, vc fez o que fez quando teve a oportunidade e não soube aproveitar agora já era pra vc”.

“Foi por essa época que o Sr quando governador elevou os preços com aumento do ICMS de produtos industrializados com a ajuda de muitos deputados Estaduais muitos não esquece a sua administração desastrosa por mim nunca mais séria um político novamente”, diz outro internauta.

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS