'As farras acabaram', diz Arthur Neto ao mostrar relatório de intervenção do Transporte

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

2 de julho de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

‘As farras acabaram’, diz Arthur Neto ao mostrar relatório de intervenção do Transporte

Prefeitura prometeu mais 300 ônibus novos no sistema a partir de junho e a volta da Faixa Azul

‘As farras acabaram’, diz Arthur Neto ao mostrar relatório de intervenção do Transporte
Foto: Marcio James / Semcom

O relatório final da intervenção financeira no transporte público, decretado no dia 22 de julho do ano passado pelo prefeito Arthur Neto (PSDB), foi apresentado nesta quinta-feira, 23, após 180 dias de execução. As medidas apontadas pelo estudo incluem reformas de terminais, reativação da faixa azul, 300 ônibus novos, entre outros.

Encerrada no dia 20 de janeiro deste ano o relatório da intervenção apresentado pela Prefeitura de Manaus mostrou uma operação de aproximadamente R$ 204,7 milhões arrecadados oriundos do Sistema de Bilhetagem Eletrônica (SBE). Desse total, R$ 61,8 milhões representam o aporte feito pelo tesouro municipal para promover o equilíbrio nas contas do sistema.

De acordo com a prefeitura, os recursos arrecadados foram utilizados quase que em sua totalidade, para pagamento da folha dos funcionários do sistema e outros benefícios. O relatório final da intervenção será apresentado na Câmara Municipal de Manaus (CMM), no início de fevereiro, quando se inicia o ano legislativo de 2020.

“Os números serão discutidos na Câmara. Foi um resultado muito óbvio, pois as farras acabaram, nós priorizamos o pagamento do pessoal. Iremos entregar um sistema equilibrado. Tem alguns golpes que acabam quebrando o equilíbrio do sistema, como por exemplo não repassar o troco correto ao usuário. Com a implantação do card isso vai acabar, e melhorar ainda mais com as novas medidas que iremos implantar”, declarou Arthur Neto.

Novas medidas

As novas medidas que foram tomadas em conjunto pela prefeitura, junto ao Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), após análise do relatório da intervenção, pretende promover o equilíbrio operacional do sistema de mobilidade urbana e o financeiro do sistema coletivo de ônibus. Confira:

– Implementação do Comitê Gestor do Sistema de Bilhetagem Eletrônica, em substituição do controle da intervenção.
– Reforma dos terminais de integração T1, T3, T4, T5.
– Readequação de 16 plataformas localizadas nos canteiros-centrais.
– Construção de três novas estações de transferência: Parque das nações, Arena e Santos Dumont.
– Renovação da Frota, com a entrega de 300 ônibus novos.
– Licitação dos Executivos / Alternativos. 
– Reativação da Faixa Azul.
– Implementação de medidas de governança do IMMU.
– Implementação de medidas de governança no sistema de Transporte Coletivo.

“Tivemos dificuldade mas não medimos esforços para termos um resultado eficaz. Iremos viabilizar a chegada dos ônibus novos ainda esse ano, a maior parte deles ainda será produzida e virá no prazo até junho”, disse Marco Aurélio presidente do Sinetram.

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias