Fundação Matias Machline busca formação de 350 jovens por ano

US - R$ 4,13

×

Fundação Matias Machline busca formação de 350 jovens por ano

A Fundação atende prioritariamente alunos de classe baixa, que tenham cursado o ensino fundamental em escolas públicas.

A cada ano, 350 estudantes concluem o Ensino Médio Técnico e levam para a vida os pilares da disciplina, do respeito e da humildade. (Márcio Silva / Amazonas1)

A Fundação Matias Machline (FMM), ex-Fundação Nokia. Localizada no Distrito Industrial de Manaus, acumula histórias de sucesso, proporcionando Ensino Médio Técnico de excelência a jovens carentes de Manaus. Com 32 anos de história, a fundação, que tem como mantenedora a empresa Digitron da Amazônia, transforma a realidade de estudantes e de suas famílias. 

A Fundação atende prioritariamente alunos de classe baixa, que tenham cursado o ensino fundamental em escolas públicas. É o caso da aluna Thiilyn Niksan, indígena do estado de Roraima, que está cursando o 2° ano do ensino médio na fundação e conta um pouco da sua experiência. “O diferencial da escola não é apenas a estrutura, mas os professores e as próprias pessoas. Os alunos fazem a diferença e eu acho que é isso que faz a FMM ser o que é”, declarou.

Segundo a diretora de ensino, Nancy Cavalcanti a fundação também faz a ponte para o mercado de trabalho. “Os alunos que têm interesse em ir para o mercado de trabalho são direcionados para as empresas do distrito, para um estágio prático. Mas a maioria foca em ir para a universidade, e temos um alto índice de aprovação nas universidades públicas”, explicou.

Atualmente, a FMM tem 880 jovens nos cursos de Eletrônica, Informática e Mecatrônica. Os alunos também recebem, gratuitamente, material didático, uniformes e três refeições diárias, além de acompanhamento médico, odontológico e psicopedagógico.

A cada ano, 350 estudantes concluem o Ensino Médio Técnico e levam para a vida os pilares da disciplina, do respeito e da humildade. A maioria dos formandos ingressa nas melhores instituições de ensino superior do Brasil. Em 2016, o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) fez uma carta de reconhecimento para a Fundação, pelo índice de aprovados ao longo dos anos.

Processo seletivo

Termina no dia 17 de novembro o prazo para se inscrever no processo seletivo 2020 da Fundação Matias Machline (FMM), que oferece 368 novas vagas de Ensino Médio Técnico nos cursos de Eletrônica, Informática e Mecatrônica. A prova está marcada para o dia 1º de dezembro de 2019.

As vagas são destinadas aos alunos que vão concluir o 9º ano do Ensino Fundamental em 2019 e tenham até 17 anos completos em 31 de dezembro. O processo seletivo da Fundação Matias Machline é um dos mais concorridos do Amazonas, na modalidade Ensino Médio Técnico.

As inscrições podem ser feitas no site da fundação, onde ficam disponíveis todas as informações sobre o processo seletivo. É preciso pagar uma taxa simbólica de R$ 25. Dúvidas sobre o processo seletivo podem ser esclarecidas no telefone (92) 2129-2999, ou nas redes sociais: @fmatiasmachline.

Vagas

Conforme o edital, 70% das vagas são para candidatos que estudaram todo o Ensino Fundamental 2 (do 6º ao 9º ano) em escola pública federal, estadual ou municipal, cuja renda familiar bruta mensal, devidamente comprovada, seja de até R$ 4.000.

Do total das vagas, 20% são destinadas aos candidatos de escola pública com renda familiar bruta mensal acima de R$ 4 mil. Para alunos vindos de escola particular, são destinadas 5% das vagas. Os 5% restantes das vagas são para empresas parceiras da Fundação Matias Machline.

A partir do dia 21 de novembro de 2019, o candidato deverá imprimir seu cartão de confirmação de inscrição, que traz o local da prova, no site www.fundacaomatiasmachline.org.br.

 

(*) Com informações da assessoria

Faça um comentário