Mais de 110 mil alunos da rede pública voltam às aulas na quarta-feira - Amazonas1
29 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
24oC  32oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Mais de 110 mil alunos da rede pública voltam às aulas na quarta-feira

Retorno será híbrido e com as turmas divididas para evitar aglomeração; listas dos grupo serão informadas por mensagens e na própria escola

Mais de 110 mil alunos da rede pública voltam às aulas na quarta-feira
Foto: Tácio Melo/Secom

Após seis meses de aulas remotas pela TV aberta e pela Internet por conta da pandemia, mais de 110 mil crianças e adolescentes retornam às aulas presenciais na quarta-feira (30), em Manaus. Os estudantes são dos anos iniciais e finais do Ensino Fundamental da rede pública estadual.

Segundo o Governo do Amazonas, o retorno será híbrido e com as turmas divididas, para evitar aglomeração nas unidades escolares. A divisão dos grupos será informada aos responsáveis pelos gestores das escolas.

As escolas vão funcionar com 50% da capacidade total, por dia. As turmas serão divididas em dois blocos. Os estudantes que compõem o Bloco A terão aulas presenciais nas segundas e quartas-feiras. Já o Bloco B terá aula na escola nas terças e quintas-feiras. Às sextas, os professores e pedagogos cumprirão horas de planejamento escolar.

Leia mais: Volta às aulas do ensino fundamental é anunciada por Wilson Lima

Nos dias em que os alunos estiverem em casa, eles deverão acompanhar os conteúdos do programa “Aula em Casa”, como já estão fazendo, desde março, quando as aulas presenciais foram suspensas na rede pública estadual.

Assim como ocorreu no Ensino Médio, os estudantes e profissionais vão receber máscaras de tecido, que devem ser trocadas após a merenda escolar e lavadas em casa, com sabão. O uso da máscara é obrigatório em todas as dependências das escolas.

Preparação

Todas as 107 unidades de ensino que retornarão às atividades presenciais na próxima semana já estão sinalizadas com cartazes indicando os principais protocolos de segurança em saúde, como a necessidade de distanciamento, do uso da máscara e das medidas a serem seguidas pelos estudantes e todos os profissionais. Nas salas de aula, ainda, as carteiras estão separadas umas das outras, cumprindo o distanciamento obrigatório.

(*) Com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading