Messi é expulso, Athletic Bilbao derrota Barcelona e conquista Supercopa - Amazonas1
8 de março de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Messi é expulso, Athletic Bilbao derrota Barcelona e conquista Supercopa

Lionel Messi acabou expulso nos minutos finais da partida por deixar o braço no rosto de Villalibre

Messi é expulso, Athletic Bilbao derrota Barcelona e conquista Supercopa
Athletic Bilbao's Spanish midfielder Raul Garcia (L), Barcelona's Argentinian forward Lionel Messi and Barcelona's Spanish midfielder Sergio Busquets (R) stand on the field during the Spanish Super Cup final football match between FC Barcelona and Athletic Club Bilbao at La Cartuja stadium in Seville on January 17, 2021. (Photo by CRISTINA QUICLER / AFP) (Photo by CRISTINA QUICLER/AFP via Getty Images)

O Athletic Bilbao é o campeão da Supercopa da Espanha. Em jogo realizado neste domingo (17) no La Cartuja, em Sevilla, o Bilbao venceu o Barcelona, na prorrogação, por 3 a 2 e faturou o título.

Antoine Griezmann marcou os dois gols do Barça na partida. De Marcos, Asier Villalibre e Iñaki Williams descontaram para o Bilbao.

Titular no jogo de hoje após sentir um desconforto na coxa esquerda no último fim de semana, Lionel Messi acabou expulso nos minutos finais da partida por deixar o braço no rosto de Villalibre. O camisa 10 recebeu cartão vermelho após revisão do lance na cabine no VAR.

Griezmann abriu o placar aos 40 minutos do primeiro tempo. Messi fez um passe na esquerda para Jordi Alba, que devolveu. O argentino chutou em cima da marcação, mas, na sobra, Griezmann finalizou para as redes.

No minuto seguinte, De Marcos deixou tudo igual. Iñaki Williams fez um cruzamento pela direita. De Marcos tomou a frente de Jordi Alba e finalizou para as redes.

Aos 31 do segundo tempo, Griezmann voltou a colocar o Barça na frente. Jordi Alba cruzou rasteiro pela esquerda. De primeira, Griezmann finalizou e a bola estufou as redes do Athletic Bilbao.

Aos 44, Asier Villalibre empatou a partida. Muniain cobrou falta em direção à grande área. Villalibre finalizou de primeira e acertou o canto alto esquerdo de Ter Stegen.

O gol do título veio aos três minutos da prorrogação. Muniain tocou na meia-esquerda para Iñaki Williams, que cortou para o pé direito e bateu colocado. A bola bateu na trave antes de entrar.

*Com informações Folhapress

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading