Moradores do bairro Armando Mendes denunciam situação de abandono da Vila Olímpica - Amazonas1
18 de abril de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Moradores do bairro Armando Mendes denunciam situação de abandono da Vila Olímpica

Obras de reparo e revitalização na Vila Olímpica foram pagas pela prefeitura, ainda na última gestão, e tinham prazo de entrega para 90 dias

Moradores do bairro Armando Mendes denunciam situação de abandono da Vila Olímpica

Moradores do bairro Armando Mendes, na zona Leste da capital, denunciaram a situação de abandono da Vila Olímpica. Uma empresa chegou a ser contratada pela prefeitura, ainda na gestão de Arthur Neto, para realizar serviços e reparos na vila da comunidade. Segundo a placa de obras, a revitalização deveria ter sido entregue no período de 90 dias.

Leia mais: Prefeitura de Manaus anuncia que não vai fechar contrato de R$ 1,3 bilhão com Amazon Watt

Apesar da entrega estar marcada para 90 dias após a contratação da empresa, a Vila Olímpica continua sem revitalização. A obra foi paralisada em março de 2020, ainda na etapa de escavação do local.

O vereador Capitão Carpê visitou a comunidade e compartilhou, nas redes sociais, a situação. Nos vídeos, o vereador promete levar a situação da área de lazer até a Câmara Municipal de Manaus (CMM).

“A placa diz R$ 667.338,47- mais de meio milhão de reais, o prazo era pra [sic] noventa dias, ainda na gestão passada, do ex-prefeito Arthur Neto”, diz o vereador nas imagens.

A obra estimada em R$ 667 milhões teve a empresa FSB Construções e Corporações contratada para os serviços de revitalização. Em consulta do Amazonas 1 ao CNPJ na Receita Federal, é possível observar que a empresa está no mercado desde 2009 e tem como principal atividade econômica a construção de edifícios e serviços de urbanização.

O Amazonas 1 procurou a comunicação da Prefeitura de Manaus para um posicionamento a respeito da situação da Vila Olímpica e, também, mais detalhes sobre os contratos firmados com a FSB Construção. No entanto, até o fechamento da matéria, não houve retorno.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]