MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Movimentos de esquerda brigam por apoio de manifestantes no RJ

A confusão na escolha dos movimentos resultou em um espaço de cem metros ocupado por manifestantes perdidos entre qual lado escolher
Beatriz Araújo – Portal Amazonas1
• Publicado em 12 de setembro de 2021 – 14:33
Movimentos de esquerda brigam por apoio de manifestantes no RJ
Renan Porto/O Antagonista

BRASIL – Os movimentos de esquerda parecem estar caminhando para mais um racha no cenário eleitoral, isso porque os manifestantes se dividem entre os discursos levantados em protestos.

Neste domingo (12), dois eventos dividiram os manifestantes cariocas, uma vez que o ‘Vem pra Rua’ e o Movimento Brasil Livre (MBL) levantam bandeiras contrárias ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), porém, somente o primeiro demonstra rejeição à candidatura do ex-presidente Lula. Em dois caminhões, os organizadores do protesto dividiram o público presente na Avenida Atlântica, no Rio de Janeiro.

A confusão na escolha dos movimentos foi tanta que, entre os veículos, ficou um espaço de aproximadamente cem metros ocupado por ambulantes, pessoas que transitavam na orla e manifestantes perdidos entre qual lado escolher.

A baixa adesão do público já era esperada pelos esquerdistas. Meggy Fernandes, da organização do ato por parte do ”Vem Pra Rua”, disse que o movimento não chegou a fazer estimativa de público.

Leia mais: Protesto ‘Fora Bolsonaro’ em Manaus virá piada entre bolsonaristas

“Estava dentro do esperado. Não dava para concorrer com um ato como foi o do Bolsonaro que pagou lanche e ônibus para os manifestantes”, disse a organizadora. O ”Vem pra Rua” não tinha uma estimativa concreta de público que aderiu ao seu lado do protesto.

Ao fim do ato, por volta das 13h, membros da organização disseram que o público oscilou entre 5 mil e 10 mil participantes. Um tema unia os dois lados do protesto: o impeachment do presidente Bolsonaro.

*Com informações do site Uol

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: facebook, instagram e twitter.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap