‘Não vou discutir historinhas de fantasia’, rebate Bolsonaro sobre acusações da CPI

O presidente ainda comparou a CPI da Covid com a Comissão da Verdade, criada pelo governo do PT
Publicado em 22/10/2021 13:22
Foto: Alan Santos/PR

BRASÍLIA, DF – O presidente Jair Bolsonaro comentou as acusações dos supostos crimes nos quais foi citado pela CPI da Covid, no Senado. O relatório final escrito por Renan Calheiros reuniu 11 crimes contra o presidente, incluindo crime contra a humanidade.

“O governo está com a consciência tranquila do que nós fizemos, me acusam aí de 11 crimes… não vou discutir uma historinha de fantasia desses caras, parece até a Comissão da Verdade do PT, que fez no passado”, comentou o presidente Bolsonaro.

Leia mais: Michelle Bolsonaro se veste de palhaça em campanha do governo para circos

Em tradicional live realizada nesta quinta-feira (21), o presidente ainda comparou a CPI da Covid com a Comissão da Verdade, criada durante o governo da ex-presidente Dilma Roussef para investigar a violação de direitos humanos durante a ditadura militar.

Bolsonaro ainda disparou críticas contra o presidente da Comissão, o senador Omar Aziz, e afirmou que a CPI não buscou investigar supostas irregularidades nos estados e municípios. “Não foram buscar corrupção onde existia, no consórcio do Nordeste. Renan e Omar Aziz têm que defender os seus”, alegou.

(*) Com informações do Correio Braziliense

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.