MENU

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Nelson Teich presta primeiro depoimento à CPI da covid-19

Teich ficou menos de um mês no cargo, pedindo demissão após pressão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para ampliar o protocolo de uso a hidroxicloroquina
• Publicado em 05 de maio de 2021 – 13:35
Foto: Márcio Silva

BRASÍLIA, DF – Começou às 10h22 de quarta-feira (5) o depoimento do ex-ministro da Saúde Nelson Teich na CPI da Covid, o segundo da série com ex-titulares da pasta para esclarecer as ações e omissões no enfrentamento da pandemia.

No dia anterior, foi ouvido o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta.

Leia mais: Bolsonaro estuda editar decreto do ‘direito de ir e vir’

Teich ficou menos de um mês no cargo, pedindo demissão após pressão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para ampliar o protocolo referente ao uso da hidroxicloroquina, medicamento sem eficácia comprovada para tratar a Covid-19.

Ao contrário de Mandetta, Teich evitou críticas mais contundentes a Bolsonaro após deixar o governo. O depoimento seguinte no cronograma da CPI seria o ex-ministro Eduardo Pazuello, mas a participação acabou remarcada para o dia 19, após o general ter alegado que teve contato com subordinados infectados pelo coronavírus.

Na quinta-feira (6), estão programados os depoimentos do atual ministro, Marcelo Queiroga, e do diretor-presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Antonio Barra Torres.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap