MENU

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Omar Aziz garante presidência da nova Comissão de Segurança Pública do Senado

A nova comissão tratará de questões relacionadas ao crime organizado, combate à corrupção e outros temas
• Publicado em 24 de março de 2021 – 13:14
Omar Aziz garante presidência da nova Comissão de Segurança Público do Senado
Foto: Divulgação

Brasília – O Senador Omar Aziz (PSD-AM) foi eleito presidente da nova Comissão de Segurança Pública, criada neste ano pelo Senado. O novo colegiado tratará do crime organizado, do combate à corrupção e outros temas. O Senador Marcos do Val (Podemos-ES) será o vice-presidente.

“Vamos valorizar o trabalho das pessoas que trabalham lá na ponta da segurança pública, fazendo a atividade-fim. Quem trabalha na segurança pública não tem feriado, não tem Natal e nem Ano Novo. Enquanto muitos de nós confraternizamos no Ano Novo, o policial está nas ruas protegendo a população. São duas atividades-fim que trabalham 24 horas por dia, todos os dias do ano: os profissionais da área de saúde e de segurança pública e merecem ser valorizados”, defendeu Omar Aziz.

“Temos 25 mil homens das Forças Armadas que poderiam contribuir mais na proteção das nossas fronteiras. Exército, Marinha e Aeronáutica, com a tecnologia de hoje, é possível fazer a prevenção e combate ao tráfico de armas e drogas com um grande mutirão e união entre Forças Armadas, Polícia Civil, Polícia Militar e Federal. Temos a Polícia Rodoviária Federal, mas nos nossos rios, onde cortam as fronteiras e tráfico de armas e drogas, e não temos uma Polícia Hidroviária Federal. Vamos debater e levar soluções concretas para o Fundo Nacional de Segurança Pública”, completou o Senador do Amazonas.

Leia mais: ‘Só não virei para o Senado’, diz Bosco Saraiva sobre possibilidade de voltar à Aleam

A Comissão de Segurança Pública atuará dentro de variados assuntos, incluindo alguns que eram de responsabilidade da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), como questões relacionadas aos corpos de bombeiros militares e às polícias, incluídas a marítima, aeroportuária e de fronteiras. O rol de atribuições também abrangerá as partes de inteligência de segurança pública; políticas públicas de prevenção à violência e de promoção da paz social; combate à corrupção, ao crime organizado e à lavagem de dinheiro; prevenção, fiscalização e combate ao tráfico de drogas; controle e comercialização de armas e proteção a testemunhas e a vítimas de crime; cooperação técnica e adesão a acordos internacionais na área.

O colegiado ainda será responsável pelo recebimento e a avaliação de denúncias relativas ao crime organizado, narcotráfico, violência rural e urbana; fiscalização e acompanhamento do Plano Nacional de Segurança Pública e Defesa Social; controle periódico do andamento do Sistema Nacional de Acompanhamento e Avaliação das Políticas de Segurança Pública e Defesa Social.

Composta por 19 membros, a comissão será permanente. As reuniões da Comissão de Segurança Pública ocorrerão às quintas-feiras.

 

(*) Com informações da assessoria

Omar Aziz garante presidência da nova Comissão de Segurança Público do Senado

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap