Passagens aéreas e fluviais vão custar mais de R$ 700 mil aos cofres de Barreirinha - Amazonas1
8 de março de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Passagens aéreas e fluviais vão custar mais de R$ 700 mil aos cofres de Barreirinha

A empresa vencedora já possui outro contrato com a prefeitura no valor de R$ 887 mil para fornecer itens de cozinha às escolas municipais

Passagens aéreas e fluviais vão custar mais de R$ 700 mil aos cofres de Barreirinha
Foto: Reprodução/ ALEAM-AM

Em meio à pandemia da covid-19, que já infectou mais de 1,5 mil pessoas e matou outras 28 no município de Barreirinha, o prefeito reeleito Gênio Seixas, do MDB, resolveu contratar uma empresa para agenciamento de viagens aéreas e fluviais por mais de R$ 700 mil.

A informação consta no Diário Eletrônico dos Municípios do Amazonas, na edição de segunda-feira (18), após a Prefeitura de Barreirinha publicar o extrato de contrato n° 001/2021 assinado por Seixas com a empresa K K V DE SÁ & CIA LTDA .

Não é a primeira vez que o prefeito contrata essa mesma empresa para prestar serviço para o Executivo Municipal. Em dezembro de 2020, Glênio Seixas publicou dois despachos de homologação, um no valor de R$ 822.075,00 e outro no valor de R$ 64.950,00 para o fornecimento de itens de cozinha.

Leia mais: Objetos de cozinha e materiais esportivos custarão R$ 1,7 milhão para Barreirinha

No total, a aquisição para “atender as demandas das Escolas Municipais da Prefeitura de Barreirinha” custará mais de R$ 887 mil e a K K V DE SÁ & CIA LTDA aparece com contratda, mesmo tendo como principal atividade econômica serviço de “logística do transporte de carga”.

Com sede em Manaus e um capital social de R$ 200 mil, os empresários Keila Kaliane Varelia de Sa Souza e José Rocielle Andrade de Souza aparecem como donos da empresa, conforme mostra o site da Receita Federal.

Leia mais: Prefeito de Barreirinha vai comprar pacote de papel higiênico de R$ 44,90

Neste novo contrato com Barreirinha, a empresa vai prestar serviços de agenciamento de viagens, “com emissão, remarcação e cancelamento de bilhetes de passagens relativos aos transportes aéreo e fluvial de membros, servidores, voluntários e colaboradores eventuais, em âmbito intermunicipal e nacional, com a finalidade de atender as necessidades e demandas da Prefeitura de Barreirinha.”

Só pelo agenciamento, ela vai embolsar cerca de R$ 63.955,42 e mais outros R$ 639.554,28, pela emissão de bilhetes e taxas. Ao todo, esses serviços vão custar a quantia de R$ 703 mil dos cofres públicos do município.

“O contrato tem vigência de 12 meses, a partir de vigência de 07 de janeiro de 2021, podendo ser prorrogado nos termos da Lei nº 8.666/1993 e suas alterações posteriores”, diz um trecho.

Confira extrato na íntegra:

 

 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading