PL prevê cotas para pessoas com deficiência em concursos no Amazonas - Amazonas1
16 de maio de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

PL prevê cotas para pessoas com deficiência em concursos no Amazonas

A proposta, de autoria do deputado Dermilson Chagas, busca um alinhamento estadual com a Lei Federal º 8.112/90 e com a Lei Complementar do Distrito Federal nº 840/2011

PL prevê cotas para pessoas com deficiência em concursos no Amazonas
Foto: reprodução

Começaram a tramitar nesta quarta-feira (26) novos de Projetos de Lei propostos pelos deputados estaduais, entre eles o Projeto de Lei nº 367/2020, que reserva o percentual de 20% das vagas ofertadas em concursos públicos no Amazonas para as pessoas com deficiência (PCDs).

A proposta, de autoria do deputado estadual Dermilson Chagas (Podemos), busca um alinhamento estadual com a Lei Federal º 8.112/90 e com a Lei Complementar do Distrito Federal nº 840/2011, que preveem exatamente o mesmo percentual para pessoas com deficiência, em atendimento ao artigo 37 do Decreto Federal nº 3298/1999, que estipula um mínimo de 5% e máximo de 20%.

Para o autor do projeto, a administração tem papel fundamental na construção de uma sociedade mais inclusiva e, por isso, deve potencializar, estimular e multiplicar a utilização de recursos e tecnologias assistivas com vistas à garantia plena da acessibilidade e a inclusão das pessoas com deficiência, por isso a fixação do percentual máximo, de 20%, no Amazonas.

Proteção ao consumidor

Como medida de proteção ao consumidor, Dermilson Chagas também apresentou o Projeto de Lei º 379/2020, proibindo as empresas da prática de fidelização dos clientes em contratos de consumo. Se aprovado, as empresas ficam proibidas de inserir cláusulas exigindo fidelização dos clientes (pena de multa caso o contrato seja encerrado pelo cliente no curso do prazo fixado).

Em caso de desobediência, a empresa fica sujeita ao pagamento de multa nos termos do Código do Consumidor. O fim da fidelização já é realidade em outros estados como Pernambuco e Rio de Janeiro.

Obras públicas

A deputada Joana Darc (PL) propôs transparência em relatórios de vistorias técnicas realizadas em viadutos, pontes, túneis, passarelas e outras obras públicas, através do Projeto de Lei nº 376/2020.

Pelo projeto, os relatórios devem ser divulgados nos sites dos órgãos competentes e as publicações sobre as vistorias deverão conter dados como o local em que a vistoria foi realizada, data, nome do responsável técnico pelo ato e órgão público a que está adstrito, além de informações sobre o estado de conservação do equipamento vistoriado, trazendo mais publicidade à administração pública.

(*) Com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]