Adolescente morre em confronto com policiais da Rocam, em Manaus
28 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
24oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Adolescente morre em confronto com policiais da Rocam, em Manaus

Durante o tiroteio na rua Caeté, no bairro Novo Israel, na zona Norte de Manaus, outros dois infratores ficaram feridos

Adolescente morre em confronto com policiais da Rocam, em Manaus
O adolescente foi levado para o SPA Enfermeira Eliameme Rodrigues Mady, na zona Norte de Manaus (Foto: Josemar Antunes/Arquivo Pessoal)

Wellington Farias Gomes, 17, morreu após confronto policial na noite dessa terça-feira (22), na rua Caeté, no bairro Novo Israel, na zona Norte de Manaus. João Vitor Souza de Jesus, 19, e um adolescente, das iniciais L.H.S.C.J., 17, ficaram feridos durante a intervenção das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam).

O confronto ocorreu após a equipe receber uma denúncia, via WhatsApp, sobre o tráfico de drogas. Chegando ao local, cinco infratores abriram fogo contra os policiais militares, que por sua vez, revidaram. Durante o tiroteio, três suspeitos foram baleados.

Na ação policial foram apreendidos um revólver calibre 38, com uma munição deflagrada e duas intactas; uma arma de fogo de fabricação caseira, contendo uma munição calibre 12 percutida [imprestável para uso]; 191 porções médias de oxi; três balanças de precisão e R$ 45.

O trio foi levado para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Enfermeira Eliameme Rodrigues Mady, popularmente chamado de “Galileia”. Wellington, no entanto, não resistiu aos ferimentos. O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML).

João Vitor, atingido com um tiro na cintura, foi transferido em estado grave para o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Dr. Platão Araújo, na zona Leste da capital. Já o adolescente, ferido na perna, foi apresentado no 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading