US - R$ 3,78

×

Bala que matou adolescente em Manaus saiu da arma de PM

Até o momento, quatro policiais foram presos acusados de envolvimento na morte de Hering da Silva Oliveira, de 15 anos


O Laudo de comparação balística do Departamento de Polícia Técnico Científica do Amazonas (DTPC), apresentado na tarde desta quinta-feira, 8, comprovou que a bala que matou Hering da Silva Oliveira, 15, no dia 25 de outubro, na Mini Vila Olímpica do Santo Antônio, zona Oeste, saiu da arma do policial militar Erivelton de Oliveira Hermes. Ele foi preso dia 30 de outubro e vai responder pelo crime de homicídio qualificado, cuja pena pode chegar a 30 anos.

 

(Foto: Divulgação)

Além dele, os três policiais militares estão presos, acusados de envolvimento no crime: Francisco Adson Bezerra Rocha, Bruno Freitas e Ivanildo Rosas. As investigações utilizaram vídeos da viatura utilizada no dia pela equipe policial.

Segundo informações do DTPC, Bruno e Ivanildo ainda chegaram a plantar uma arma de fogo no local do crime, simulando uma troca de tiros. A investigação aponta a participação de uma quinta pessoa, que já foi identificada e terá a prisão preventiva solicitada pela polícia à Justiça. O laudo pericial ainda conclui que nenhum dos adolescentes que acompanhavam a vítima, no dia da morte, estava armado.

Entenda o crime

O adolescente Hering da Silva Oliveira, 15, morreu no dia 25 de outubro deste ano, após ser atingido com um tiro nas costas, na Mini Vila Olímpica do bairro Santo Antônio, zona Oeste da cidade. Ele chegou a ser socorrido pelos policiais e levado para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do bairro São Raimundo, mas não resistiu.

Faça um comentário