Cuidadora é flagrada atirando criança ao chão em creche; veja vídeo
27 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Cuidadora é flagrada atirando criança ao chão em creche; vídeo

Mãe da vítima denunciou cuidadora à Polícia Civil, que a indiciou por crime de tortura. A agressora foi desligada do cargo e responde em liberdade

Cuidadora é flagrada atirando criança ao chão em creche; vídeo
Cuidadora é flagrado atirando criança ao chão em creche (Divulgação)

Uma cuidadora, que não teve a identidade divulgada, foi flagrada jogando uma criança de 3 anos ao chão em uma creche de Cidade Ocidental, no Entorno do Distrito Federal (DF). As informações são do G1 Goiás. A mãe da vítima encontrou o vídeo após o filho chegar com hematomas em casa e demonstrar comportamento agressivo.

Veja também: Vídeos mostram homens no teto de ônibus durante Banda do Parque 10

A gravação mostra quando a mulher chega ao que parece ser um ‘cercadinho’ ou berço. Ela ergue a criança e a joga ao chão. Depois, a mulher vira-se para a porta e parece falar com alguém, apontando para o menino. Por fim, o garoto se levanta e vai até a porta em que a cuidadora está (assista acima).

Veja também: Homem é encontrado com mãos e pés amarrados, marcas de tortura e tiro na nuca

A gravação foi obtida na última segunda-feira, 24, pela TV Anhanguera. Segundo delegado responsável pelo caso, Daniel Marcelino, a mulher responde em liberdade pelo crime de tortura.

De acordo com o inquérito, a gravação foi feita ainda em janeiro deste ano e a mãe fez a denúncia à Polícia Civil dias depois do fato, após conseguir o vídeo.

A responsável pelo local disse à TV Anhanguera que, à época, a funcionária foi afastada por dez dias e depois desligada. Ainda de acordo com ela, o caso foi isolado e que não houve outras reclamações. Confira a reportagem:

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading