Jovem é encontrada morta com mais de 30 facadas; namorado é suspeito - Amazonas1
20 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Jovem é encontrada morta com mais de 30 facadas; namorado é suspeito

Imagens de câmeras de vigilância serão solicitadas pela polícia para identificar o autor do crime; familiares da vítima não comentaram sobre o caso

Jovem é encontrada morta com mais de 30 facadas; namorado é suspeito
Emilaine foi encontrada morta após ficar sem contato com a família (Foto: Arquivo pessoal)

O assassinato de uma jovem chocou moradores da Vila Barreirinha, na rua Desembargador Gaspar Guimarães, no bairro da União, zona Centro-Sul de Manaus. Emilaine de Souza Souza, 19, foi encontrada morta com mais de 30 facadas na noite dessa terça-feira (29), por volta das 18h, dentro do quarto da quitinete onde morava sozinha.

O suspeito do crime brutal é o amigo da vítima, identificado como André Felipe. O mesmo tinha um relacionamento com Emilaine, no entanto, a jovem não assumia o compromisso.

Segundo o registro da 23ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que atendeu a ocorrência inicialmente, Emilaine passou muito tempo sem dar notícias aos familiares. Chegando na vila de apartamentos, uma irmã da jovem achou a chave pelo lado de fora.

Desconfiada, ela encontrou Emilaine jogada de bruços sob uma poça de sangue perto da cama. A jovem estava com vestimentas, sem indicação aparente de violência sexual.

O crime ocorreu dentro de uma quitinete, em uma vila de apartamentos (Foto: Josemar Antunes/Portal AM1)

A polícia identificou sinais de luta corporal no ambiente. Emiliaine ainda tentou se defender do assassino, que segundo a polícia, conhecia a vítima. Conforme informações da perícia criminal, a jovem foi atingida com mais de 30 facadas, sendo costas, mãos, tórax, nuca e pescoço. A faca usada no crime não foi encontrada.

Leia mais: Grávida é morta com 13 facadas enquanto lanchava no Centro de Manaus

O IML fez a remoção do corpo (Foto: Divulgação)

No local, a polícia descobriu que Emilaine morava com uma irmã e um amigo que é técnico de enfermagem, identificado como “André Felipe”. O profissional da saúde já tinha se declarado para Emilaine, mas a jovem rejeitou as investidas do rapaz. Com o desprezo, “André Felipe” decidiu ir embora para um município do estado e mandou uma localização falsa.

Os moradores relataram que viram “André Felipe”, em horário ignorado, saindo do local carregando uma mochila. Imagens de câmeras de vigilância serão solicitadas pela polícia para identificar o suspeito e comparar com a versão de moradores. Os familiares da vítima não quiseram comentar sobre a morte brutal.

O corpo foi removido por uma equipe do Instituto Médico Legal (IML). A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) coletará depoimentos de amigos, familiares e vizinhos para entender a motivação e chegar ao culpado. A especializada trata o crime como feminicídio, mas não descarta outra motivação.

Qualquer pessoa que tenha alguma informação que indique o paradeiro do suspeito pode ligar para o contato da DEHS pelo (92) 3636-2874 ou pelo número 181 da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). A identidade será mantida em sigilo.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading