Motorista de aplicativos é morto a tiros após discussão - Amazonas1
28 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
24oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Motorista de aplicativos é morto a tiros após discussão

Após o crime, os assassinos fugiram e, até o momento, não foram identificados; populares disseram que a vítima era motorista de aplicativos

Motorista de aplicativos é morto a tiros após discussão
Fotos: Josemar Antunes

Elinaldo Pedreiro Mateus, 26, morreu após ser alvejado a tiros na noite desse domingo (27), por volta das 20h35, na rua Nossa Senhora das Graças esquina com a Rua 31 de Março, no bairro Colônia Terra Nova 2, na zona Norte de Manaus. Outro homem não resistiu aos ferimentos no local.

A vítima foi socorrida e levada por amigos para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Enfermeira Eliameme Rodrigues Mady, popularmente chamado de SPA Galileia, no bairro Monte das Oliveiras, na mesma zona. Apesar dos esforços, Elinaldo chegou à unidade de saúde sem vida.

Ao Portal AM1, Francisco de Assis Cabral Mateus, 52, contou que estava na igreja participando de um culto com a esposa, quando soube da notícia por uma filha.
“Eu pedi para Deus cuidar de mim. A gente cria um filho com tanto amor, mas infelizmente, vem uma pessoa e comete um assassinato. Eu só peço por justiça nesse momento”, disse.

Na área externa do SPA, o carro modelo Amarok, de cor branca, de placa OAG-3275, que era ocupado por Elinaldo e Omilton Pereira de Castro Júnior, 35, passou por perícia. O veículo tinha várias marcas de tiros na lateral e vidros.
Os corpos de Elinaldo e Omilton foram removidos do SPA por uma equipe do Instituto Médico Legal. O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Leia mais: Morre policial militar alvejado a tiros durante ataque em Humaitá

A ocorrência foi atendida inicialmente por policiais militares da 18ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). Equipes do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC), Instituto Médico Legal (IML) e Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) foram acionados para os procedimentos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading