Polícia Civil apreende 3,7 quilos de drogas dentro de embarcação no porto de Manacapuru

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

11 de agosto de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

redacao@amazonas1.com.br

Polícia Civil apreende 3,7 quilos de drogas dentro de embarcação no porto de Manacapuru

O material entorpecente em uma quantidade expressiva de maconha do tipo skunk foi encontrado dentro de um caixote de frutas que possuía um fundo falso

Polícia Civil apreende 3,7 quilos de drogas dentro de embarcação no porto de Manacapuru
A droga foi apreendida em uma embarcação que partiu de Tefé (Foto: Divulgação/PC-AM)

Um carregamento de 3,7 quilos de maconha do tipo skunk foi apreendido na madrugada dessa sexta-feira, 10, por volta de 1h, pela equipe da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru (distante 68 quilômetros da capital amazonense), A droga estava dentro de uma embarcação atracada próxima à orla do município.

De acordo com o titular da DIP, delegado Rodrigo Torres, que coordenou a operação, o material entorpecente estava escondido em um caixote de frutas que possuía um fundo falso. No momento da ação, o barco havia chegado de viagem do município de Tefé (distante 523 quilômetros em linha reta de Manaus).

“Nós estávamos realizando abordagens de rotina quando passamos a fazer a revista na embarcação. Durante a vistoria, levantamos suspeitas acerca de um caixote de madeira com frutas, e, após analisarmos o objeto, constatamos que havia um fundo falso, onde estava escondida uma quantidade expressiva de maconha do tipo skunk”, explicou a autoridade policial.

A ação também contou com apoio de agentes do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc) e do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera). O material foi apreendido, e as diligências em torno do caso seguem em andamento, a fim de identificar o emissor e a pessoa que receberia a carga de substância entorpecente.

(*) Com informações da assessoria

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading