US - R$ 3,74

×

Suspeito de tráfico agoniza até a morte após levar facada no pescoço, em Manaus

Aderlan Trindade Cordeiro, 31, saiu de casa para encontrar a namorada, mas acabou retornando com um grave sangramento no pescoço e morreu na calçada de uma casa no bairro Coroado.

Aderlan pediu socorro em um residência da madrinha de sua irmã – foto: Josemar Antunes

O ajudante de pedreiro Aderlan Trindade Cordeiro, 31, morreu após ser esfaqueado no pescoço, na madrugada desta terça-feira (18), na rua Santa Dorotéia, no bairro Cidade de Deus, na Zona Norte de Manaus. Aderlan era procurado por tráfico de drogas pela polícia.

De acordo com a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o crime ocorreu por volta das 2h30. Aderlan havia saído de casa, por volta das 20h, para encontrar com a namorada. Horas depois, ele retornou ferido no pescoço pedindo ajuda.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas Aderlan não resistiu ao ferimento e morreu no pátio de uma casa, que pertence a madrinha de sua irmã. O autor do crime não foi identificado pela polícia.

Conforme informações repassadas pela equipe da DEHS, Aderlan era procurado pela polícia por tráfico de drogas. A polícia suspeita que Aderlan morreu em decorrência por dívida ou comercialização de drogas.

Ao Amazonas1, Adélia Muniz, 64, disse que acordou com Aderlan batendo em sua porta pedindo ajuda.

“Aderlan estava sangrando muito. Antes de morrer, ele falou que foi esfaqueado por um jovem branquinho, mas infelizmente não conseguiu falar o nome do assassino. Todos nós aqui estamos triste, pois ele se comportava bem e tinha costume de vir aqui somente nos finais de semana”, disse.

O corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML), no bairro Cidade Nova, na Zona Norte. O velório aconteceu na residência onde morava, na comunidade São Sebastião, no bairro Petrópolis, na Zona Sul da capital. O caso será investigado pela DEHS.

Aderlan morreu na calçada, nos braços de uma conhecida – foto: Josemar Antunes

 

 

Faça um comentário