US - R$ 3,86

×

Bolsonaro renova passaporte diplomático do bispo Edir Macedo

O documento tem validade de 3 anos e garante um tratamento diferenciado ao portador em vários países. Benefício foi concedido, pela 1ª vez, no governo Dilma


O bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal, teve o passaporte diplomático concedido pelo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. Além do bispo, sua esposa, Eunice Rangel Bezerra também recebeu o benefício. 

Bolsonaro renovou documento já concedido ao bispo, em 2011, pela então presidente Dilma Roussef (Agência Brasil)

A publicação saiu no Diário Oficial da União, nesta segunda-feira(15). O documento tem validade de 3 anos e garante um tratamento diferenciado, o portador não precisa passar por revista em vários países e pode até dispensar o visto.

Na concessão, o governo destaca qe o titular “Poderá desempenhar de maneira mais eficiente, suas atividades em prol das comunidades brasileiras no exterior”.

Publicação do Diário Oficial da União (Reprodução)

(*) Com informações do O Dia 

Faça um comentário