Câmara solicita audiência pública para falar sobre coronavírus
23 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Câmara solicita audiência pública para falar sobre coronavírus

Os vereadores demonstraram preocupação com a ameaça do vírus chegar ao Amazonas e enviarão um requerimento aos secretários de saúde estadual e municipal

Câmara solicita audiência pública para falar sobre coronavírus
(Foto: Carlos Gurgel)

No segundo dia de trabalho legislativo, a Câmara Municipal de Manaus (CMM) aprovou nesta quarta-feira, 12, um requerimento que solicita uma audiência pública com os secretários de saúde estadual e municipal, a fim de debater medidas de combate e prevenção ao coronavírus. 

Segundo o autor da proposta, vereador Gilmar Nascimento (PSD), o avanço da doença pelo mundo é preocupante e caso o vírus chegue ao Brasil, o Amazonas não está preparado para combatê-lo. 

“Uma realidade: o estado do Amazonas não está preparado para uma situação dessas. Nós estamos preparados para chikungunya, malária, essas doenças. Mas não temos UTI pra todo mundo, nem para os acidentes que temos aqui, quanto mas se o vírus chegar por aqui”, disse.

Em votação, os vereadores ressaltaram que a Organização Mundial da Saúde (OMS) já emitiu um alerta de emergência na saúde pública mundial e que há chances do vírus chegar ao Amazonas, pois muitas pessoas do estado estão fora do país, inclusive na China. 

O requerimento deverá ser enviado para os secretários de saúde Rodrigo Tobias (estado) e Marcelo Magaldi (município), ainda sem uma data prevista para a audiência.

O propositor solicitou ainda que a reunião seja em um horário em que todos os vereadores estejam presentes e considerou a participação de outros representantes e órgãos de saúde. 

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading