Deputados federais do AM gastaram mais de R$ 1,1 milhão do Cotão em 2020

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

11 de agosto de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

redacao@amazonas1.com.br

Deputados federais do AM gastaram mais de R$ 1,1 milhão do Cotão em 2020

No mesmo período do ano passado, o gasto chegou a cifra de R$ 1,6 milhão

Deputados federais do AM gastaram mais de R$ 1,1 milhão do Cotão em 2020
Foto: montagem Portal AM1

No primeiro semestre de 2020, os oito deputados federais do Amazonas gastaram, juntos, mais de R$ 1,1 milhão da Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap), mais conhecido por “Cotão”. No mesmo período do ano passado, o gasto chegou a cifra de R$ 1,6 milhão. Cada deputado amazonense tem o limite mensal de R$ 43,5 mil do benefício, que permite gastos com alimentação, hospedagem, passagens aéreas, entre outros.

Segundo o Portal da Transparência da Câmara dos Deputados, de janeiro a junho deste ano, o parlamentar Silas Câmara (Republicano) gastou R$ 248 mil do recurso. Conforme os dados, a maioria dos gastos foram destinados a “divulgação de atividade parlamentar” e “locação ou fretamento de aeronaves”. Só com propaganda, Silas gastou cerca de R$ 124 mil.

No mesmo período, o deputado Marcelo Ramos (PL) gastou R$ 215 mil. O site mostra que o parlamentar destinou mais de R$ 78 mil para “consultorias, pesquisas, e trabalhos técnicos”. Também houve gastos com propaganda; aluguel de aeronaves e manutenção de escritório de apoio parlamentar.

Já o deputado José Ricardo (PT) gastou R$ 206 mil nos primeiros seis meses do ano. Desse total, R$ 95,1 mil foram destinados a divulgação das atividades do parlamentar, que é pré-candidato a prefeito de Manaus pelo Partido dos Trabalhadores. O político também gastou R$ 44 mil com manutenção de escritório, que incluem despesas com energia elétrica, água, papelaria e outros serviços.

Ainda de acordo com o Portal, o deputado Alberto Neto (PRB) declarou ter gasto R$ 172 mil; Pablo Oliva (PSL) R$ 112 mil; Sidney Leite (PSD) R$ 75 mil e Bosco Saraiva (SD) R$ 62,6 mil. O deputado Átila Lins (PP) foi o que menos usou a Cota parlamentar com gasto de R$ 59,3 mil.

Respostas

Procurada pelo Portal AM1, a assessoria de comunicação do deputado federal Marcelo Ramos, esclareceu que o parlamentar se manteve atuante mesmo no período da pandemia da covid-19.

“Ele manteve a rotina de presença em Brasília por conta de relatorias importantes, defesa dos interesses do Amazonas e liberação de recursos e captação de doações para combate à covid no interior do Amazonas. Foram mais de 53 milhões de reais em emendas parlamentares destinados aos municípios do interior do estado”, diz a assessoria.

O deputado José Ricardo reforçou a reportagem que apesar da pandemia, houve um trabalho intenso do mandato com apresentação de vários projetos.

“A maioria deles inclusive de combate a covid-19, sou co-autor de outros projetos com a bancada do Partido dos Trabalhadores e também realizamos inúmeras emendas. Isso exigiu um trabalho técnico, jurídico e até de interações nas redes sociais devido o fluxo de sugestões. O nosso gabinete não parou e fui um dos deputados do Amazonas mais atuantes nesse primeiro semestre”, afirmou o parlamentar.

Já o deputado Silas Câmara não se manifestou até a publicação desta matéria.

Confira tabela de gastos dos deputados

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading