Às vésperas do fim da janela partidária, política amazonense movimenta peças no tabuleiro

A semana está sendo marcada por eventos de filiação e oficialização de pré-candidatura, mirando nas eleições deste ano
Da Redação – Portal AM1
Publicado em 24/03/2022 13:30
Foto: Reprodução

Manaus, AM – As mobilizações partidárias e lançamentos de pré-candidaturas estão a todo vapor nesta semana, às vésperas do fim do prazo da janela partidária, que fecha no dia 1º de abril. Os políticos do Amazonas se articulam para se filiar aos partidos, alguns mudando de sigla, tudo isso para concorrer às eleições deste ano.

Sendo um dos principais escudeiros da gestão do prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), o secretário municipal de Limpeza Pública, Sabá Reis segue o seu chefe nesta quinta-feira (24). Como já é o esperado, Sabá assina com o Avante.

Leia mais: ‘Grande ato de filiação’ de Wilson Lima é transferido para quadra da Aparecida

O evento do secretário de Manaus vai contar com a presença do presidente nacional do Avante, o deputado federal Luis Tibé. O prefeito David Almeida e o vereador David Reis, além do secretariado da Prefeitura de Manaus, também devem marcar presença.

Já no sábado (26), é a vez do governador Wilson Lima entrar em um novo partido, o União Brasil. Ele ainda deve filiar cerca de 40 prefeitos na sigla. O evento sucederá na quadra do GRES Mocidade Independente de Aparecida, no bairro Aparecida, zona Sul de Manaus.

Além dos dois, Arthur Neto (PSDB) também vai oficializar a pré-candidatura ao Senado, em um evento que será realizado no Vieiralves, zona Centro-Sul de Manaus, nesta quinta-feira. Essa é a terceira vez que o tucano vai disputar uma vaga no Senado, para onde Coronel Menezes iria, mas agora parece carta fora do baralho.

INDEFINIÇÃO

Foto: Reprodução

Nomes como Amazonino Mendes e Amom Mandel, sem partido, também estão em conversas de bastidores. Amazonino sofre resistência de Plínio Valério no PSDB, onde o cacique Arthur quer colocar o ex-governador.

Há ainda a posição de Eduardo Braga, que foi convidado por Arthur a fim de apoiar Amazonino, mas que também queria ser candidato ao governo, embora seu nome não decole nas pesquisas.

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS