MENU

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Presidente vai ser o ‘último brasileiro vacinado’, diz Flávio Bolsonaro

De acordo com Flávio Bolsonaro, o presidente quer que todos os brasileiros se vacinem e ele se vacina no final, para "mostrar respeito"
Da Redação – Portal AM1*
• Publicado em 22 de julho de 2021 – 19:05
Bolsonaro
Flávio Bolsonaro foi vacinado nesta quinta-feira pelo ministro Marcelo Queiroga. Foto: Reprodução

RIO DE JANEIRO, RJ – Após se vacinar nesta quinta-feira (22), no Rio de Janeiro (RJ), o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) disse que o pai, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), será o “último brasileiro a ser vacinado” contra a covid-19. O filho “01” do presidente recebeu a primeira dose da vacina da AstraZeneca em uma clínica da Zona Oeste da capital fluminense.

O presidente já poderia ter se vacinado pelos critérios de idade, tanto no Distrito Federal, onde reside e trabalha, como no Rio de Janeiro, seu domicílio eleitoral, mas não o fez até o momento. De acordo com o filho, Bolsonaro quer dar o exemplo ao povo.

Leia mais: Bolsonaro chama eleitores de Lula de ‘jumentos de duas pernas’

“Ele quer ser o último brasileiro a se vacinar, e é coisa dele, do íntimo ele, pra reforçar o quanto de respeito que ele tem pelo povo. Então a gente aguarda esse momento lá na frente, que é o presidente, no momento em que achar correto, também tomar sua vacina”, apontou o senador.

Acusação de negacionismo

Flávio Bolsonaro também afirmou que o presidente, mesmo sendo chamado de “negacionista”, tem garantido a vacina para mais de 160 milhões de brasileiros. Segundo os dados do Ministério da Saúde, pouco mais de 164 milhões de doses de vacinas já foram distribuídas aos estados e municípios.

“Óbvio que o discurso que é pregado na CPI não cola, porque a realidade está aqui. Todas as vacinas que foram aplicadas até hoje nos braços de todos os brasileiros foram por intermédio do governo federal”, afirmou.

(*) Com informações da CNN Brasil.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap